Notícias

Banca de DEFESA: VERA LUCIA DOS SANTOS COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VERA LUCIA DOS SANTOS COSTA
DATA: 30/05/2014
HORA: 09:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO TROPEN/UFPI
TÍTULO:

CONTRIBUIÇÃO DO CRÉDITO E DO SERVIÇO ECOSSISTÊMICO PARA A CONSERVAÇÃO DA CARNAÚBA (Copernicia prunifera (Mill.) H. E. Moore) NO NORDESTE BRASILEIRO" 

 

PALAVRAS-CHAVES:

Crédito Rural. Serviços ecossistêmicos. Estoque de carbono.

Carnaúba.

 


PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:


A carnaúba (Copernicia prunifera (Mill.) H. E. Moore) tem prestado importante

contribuição à economia nordestina e é uma palmeira que desempenha funções

ambientais vitais ao equilíbrio ecológico. Este estudo analisou duas formas que, por

meio das quais, pode-se incentivar a conservação da espécie: o crédito ofertado ao

segmento e o seu estoque de carbono. O estudo foi dividido em dois artigos, o primeiro

tem por objetivo geral analisar as operações de crédito contratadas pelo Banco do

Nordeste do Brasil (BNB) e Banco do Brasil (BB) no período de 2007 a 2012,

verificando sua contribuição para a conservação da espécie. Os objetivos específicos

consistem em: analisar as operações e valores contratados por esses bancos nos Estados

e municípios onde há extração de pó e produção de cera de carnaúba, estimar a taxa de

crescimento do valor e do número operações e verificar a atuação do BNB no Piauí para

a conservação da carnaúba. O BNB e o BB forneceram os dados secundários,

realizaram-se visitas técnicas e entrevistas semiestruturadas, em municípios do Piauí a

fim de se analisar a atuação do BNB nesse estado. Fez-se deflação dos valores de

crédito pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) e calculou-se a

taxa de crescimento. O crédito foi ofertado no Ceará, Piauí, Maranhão e Rio Grande do

Norte, tendo como fontes de financiamento o Fundo Constitucional de Financiamento

do Nordeste (FNE), a Caderneta de Poupança Rural, o Tesouro Nacional e Recursos

Internos. Houve aumento dos valores e do número de operações ao longo do período.

Verificou-se que BNB, atua no Piauí, de acordo com a legislação e que os extrativistas

estão preocupados com a conservação da espécie. O segundo artigo teve por objetivo

geral estimar o estoque de carbono presente na espécie, a fim de fornecer subsídios para

o incentivo à sua conservação. Os objetivos específicos consistem em: estimar o

estoque de carbono presente no estipe da através da quantificação da biomassa, verificar

se existe diferença na média do estoque de carbono entre carnaúbas situadas em áreas

distintas. O experimento foi realizado na fazenda Itans onde se fez a amostragem por

parcelas em duas áreas distintas, uma onde a carnaúba não é predominante e está

associada com outras espécies (área I) e outra com predomínio de carnaúbas (área II).

Utilizou-se uma equação alométrica para calcular a biomassa, a partir da qual se

estimou o estoque de carbono em cinquenta por cento desta, e realizou-se o teste-t para

comparar as médias do estoque de carbono. Estimou-se o estoque de carbono em 14,71

kg.ha-1, sendo que carnaúbas situadas em áreas distintas têm diferença significativa na

média.



 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423405 - JAIRA MARIA ALCOBACA GOMES
Interno - 1167785 - ROSELI FARIAS MELO DE BARROS
Externo ao Programa - 423559 - SOLIMAR OLIVEIRA LIMA
Externo à Instituição - MARIA ODETE ALVES - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 15/05/2014 16:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 27/09/2020 08:28