Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: NAYARA DANNIELLE COSTA DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NAYARA DANNIELLE COSTA DE SOUSA
DATA: 10/09/2014
HORA: 15:00
LOCAL: SALA DE REUNIÃO DO TROPEN
TÍTULO:

A PERCEPÇÃO DA POLUIÇÃO E O IMPACTO SOBRE OS ORGANISMOS

ZOOSPÓRICOS NO RIO POTI, TERESINA – PI.

 

 

 


PALAVRAS-CHAVES:

diversidade, Fungi, Chromista, qualidade da água, reportagem

ambiental.


PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A PERCEPÇÃO DA POLUIÇÃO E O IMPACTO SOBRE OS ORGANISMOS

ZOOSPÓRICOS NO RIO POTI, TERESINA – PI.

RESUMO

A água é essencial para a saúde e para a vida no planeta, que é um componente

imprescindível para os ecossistemas, e fundamental para o funcionamento da vida

humana direta e indiretamente. A proteção à saúde pública é a exigência primordial

para que se tenha uma boa qualidade de água. Portanto, o monitoramento e avaliação da

qualidade da água é um dos principais instrumentos para execução de uma política de

planejamento e gestão de recursos hídricos. A degradação dos ecossistemas aquáticos

gera uma grande perca de biodiversidade existente. Então, para que a sociedade tenha

uma compreensão verdadeira da necessidade de uma boa qualidade da água o processo

de participação social precisa estar afinado com as necessidades reais da população. O

Rio Poti tem grande influência na vivencia da população local e com isso, observa-se o

impacto diante da qualidade das águas do rio dentro do perímetro urbano na cidade de

Teresina – PI, afetando assim, a ecologia do rio e sua microbiota, e provavelmente a

comunidade de organismos zoospóricos. Esta pesquisa objetivou contribuir para

sociedade e comunidade científica, relacionando a qualidade da água do rio Poti no

perímetro urbano de Teresina – PI com o conhecimento da diversidade das populações

de organismos zoospóricos, considerando os impactos que estas populações possam

estar sofrendo. Assim foram realizadas coletas bimestrais de solo e água em seis pontos

do rio Poti no periodo de agosto/2013 a abril/2014 e para a identificação e isolamento

dos organismos zoospóricos foi utilizada a técnica da iscagem múltipla. Até o momento

de desenvolvimento desta pesquisa sobre a distribuição dos organismos zoospóricos

obteve-se resultados relevantes com a obtenção de 122 isolamentos de organismos

zoospóricos distribuídos em trinta e um táxons dos filos Blastocladiomycota e

Chytridiomycota (Reino Fungi) e filo Oomycota (Reino Chromista). O processo de

degradação ambiental observado no rio Poti, perímetro urbano de Teresina, no entorno

e na recepção de efluentes sem tratamento é preocupante tanto pela importância social

que o rio representa quanto pela degradação ambiental e o desequilíbrio que vem

sofrendo. Este trabalho também buscou tratar do tema poluição no rio Poti dentro do

perímetro urbano de Teresina e a informação ambiental, podendo constatar uma

representatividade razoável dentro da mídia eletrônica local com 79 publicações nos

três sites locais pesquisados, e que o problema ambiental é colocado como noticia

nestas publicações, mas ainda não apresentam soluções e com pouca fundamentação

teórica sobre o tema. Ainda pode ser percebido que o aumento de número das

reportagens coincide com o mesmo período de aumento dos problemas ambientais no

rio Poti. Então é necessário a promoção nos indivíduos a formação em Educação

Ambiental. E assim, torna-se essencial mais pesquisas que abordem o tema da

percepção ambiental.

.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1167347 - ANTONIO ALBERTO JORGE FARIAS CASTRO
Presidente - 423426 - JOSE DE RIBAMAR DE SOUSA ROCHA
Externo à Instituição - MÁRCIA PERCÍLIA MOURA PARENTE - UESPI
Notícia cadastrada em: 12/08/2014 10:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 27/09/2020 07:14