Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: HERICA MARIA SARAIVA MELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HERICA MARIA SARAIVA MELO
DATA: 22/09/2014
HORA: 10:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO TROPEN/UFPI
TÍTULO:

CONSUMO SUSTENTÁVEL: DISCURSOS, PRÁTICAS E ATUAÇÃO DOS DOCENTES DO COLÉGIO TÉCNICO DE TERESINA/UFPI


PALAVRAS-CHAVES:

 

Consumo. Educação ambiental. Formação de professores. Prática docente.


PÁGINAS: 163
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

 

A presente dissertação é composta de três artigos que versam sobre discursos, práticas e atuação dos docentes acerca do consumo sustentável. A pesquisa utiliza entrevistas em profundidade com cinco professores de uma escola técnica vinculada à Universidade Federal do Piauí. O primeiro artigo tem como objetivo identificar as preocupações ambientais e as percepções dos professores acerca das consequências adversas dos seus atos de consumo. O segundo artigo caracteriza as práticas de consumo dos professores, analisando convergências e divergências entre o discurso e a prática de consumo. Os resultados, interpretados por meio da análise qualitativa de conteúdo, indicam que predomina a visão antropocêntrica na relação com o meio ambiente, sendo que este é percebido como recurso e como problema. Verifica-se que a intenção de agir nem sempre se reflete em ação e que as preocupações dos professores ainda são baseadas em eventos que afetam somente a si próprios e em curto prazo. Considera-se que a prática de consumo nem sempre é coerente com o discurso ambientalmente responsável, pela existência de elementos motivacionais (falta de interesse, comodidade) e contextuais (restrições de tempo, cultura, aspectos financeiros). O terceiro artigo amplia essa discussão da esfera privada para a pública, considerando o professor na prática docente. Tendo em vista os resultados dos dois artigos anteriores, que apontam, respectivamente: i) predominância da visão antropocêntrica na relação com o meio ambiente; ii) aspectos da racionalidade econômica em detrimento da ecológica; procura-se, no último artigo dessa dissertação, apontar as práticas de educação ambiental e as possibilidades de inserção do tema “consumo” nas disciplinas ministradas pelos professores entrevistados. Por último, na conclusão, ressalta-se a importância da ampliação da percepção de si para o mundo e o fortalecimento da participação dos docentes na esfera pública como promotores para uma sustentabilidade global. Percebe-se a importância da conscientização e do incentivo à mudança de valores e de comportamentos de consumo e, ao mesmo tempo, a necessidade de políticas públicas que invistam na formação docente em prol do enfrentamento de uma realidade socioambiental que se evidencia em crise.

 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 1776339 - FRANCISCO FRANCIELLE PINHEIRO DOS SANTOS
Externo à Instituição - MARIA JOSÉ DO NASCIMENTO SOARES - UFS
Notícia cadastrada em: 15/09/2014 10:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 18/01/2020 12:40