Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAMILA MARQUES MATON

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAMILA MARQUES MATON
DATA: 16/10/2014
HORA: 09:00
LOCAL: SALA DE REUNIÃO DO TROPEN
TÍTULO:

 

A INSERÇÃO DA MULHER CAMPONESA NA ATIVIDADE APÍCOLA NA COMUNIDADE DE MOREIRA-PI


PALAVRAS-CHAVES:

gênero, campesinato, agricultura familiar, empoderamento, apicultura, desenvolvimento e sustentabilidade.


PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

 Resumo: O objetivo desta dissertação é a busca por uma compreensão antropológica das relações de gênero na atividade apícola que vem sendo desenvolvida em uma comunidade do Piauí, tendo por base alguns conceitos de campesinato e sustentabilidade, buscaremos um diálogo entre o espaço geográfico apícola e as relações de gênero que se estabelecem. Com ênfase na Comunidade Moreira a 12 Km de Simplício Mendes-PI, será analisado  os diversos papéis exercidos por  mulheres e de que forma existe a inserção destas na atividade apícola de maneira notável e necessária. A pesquisa está direcionada para a observação do dinamismo local provocado pela atividade econômica buscando saber se o envolvimento da mulher no trabalho apícola promove alterações no seu papel social. Busca-se, ainda, registrar as alterações na percepção ambiental destas mulheres a partir de seu envolvimento na atividade. Assim, tendo como referência
 metodológica a pesquisa etnográfica e seus fundamentos de observação participante, registros de imagens e entrevistas, buscar-se-á mapear as relações sociais locais e as alterações vividas. Desta forma, conferindo que a mulher desenvolve seu papel de mulher diante dos mais variados  “afazeres”, seja ele na agricultura ou na apicultura. Portanto, a atividade apícola é caracterizada por elementos ambientais pois envolve os aspectos físicos ambientais a florada que a abelha (Appis Mellífera) irá produzir o mel orgânico;  econômicos, pois representa uma melhoria no nível econômico das famílias e de elementos sociais, podemos percebê-lo pela inserção da mulher na apicultura. Pretendemos constatar de quais formas a atividade apícola contribui para o empoderamento das mulheres visto que, leva a ultrapassar o espaço que, tradicionalmente, lhes tem sido socialmente delimitado permitindo que desenvolvam novas formas de se portar e
 enxergar o mundo que a elas se apresenta.




MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1167476 - JOSE LUIS LOPES ARAUJO
Externo à Instituição - MARIA JOSÉ TEIXEIRA CARNEIRO - UFRRJ
Presidente - 1726142 - MAY WADDINGTON TELLES RIBEIRO
Notícia cadastrada em: 24/09/2014 15:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 20/10/2021 23:24