Notícias

Banca de DEFESA: LEOPOLDINA ALMEIDA GOMES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEOPOLDINA ALMEIDA GOMES
DATA: 15/09/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Núcleo de Pós-Graduação em Ciência Animal
TÍTULO:

EFEITO DA SOMATROTOPINA BOVINA RECOMBINANTE (rbST) NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SEMEN OVINO SANTA INÊS


PALAVRAS-CHAVES:

ovinos; somatotropina bovina recombinante; sêmen


PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
RESUMO:

A somatotropina bovina recombinante (rbST) é um hormônio que age sobre o metabolismo animal e na qualidade seminal, aumentando a proliferação celular a nível testicular e consequentemente maior produção espermática, com reflexos no desenvolvimento reprodutivo do macho. Diante da escassez de dados minuciosos sobre o mecanismo de ação deste hormônio nos ovinos, o presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do bST na qualidade espermática do sêmen criopreservado de carneiros Santa Inês. Utilizando 18 animais, com idade entre 22 a 36 meses, divididos em três grupos: controle (TI/n=6) recebendo solução fisiológica NaCl 0,9% e os tratamentos (TII/n=6) 100mg/bST e o (TIII/n=6) 125mg/bST (BOOSTIN® Intervet Schering Plough), via SC a cada 14 dias (D0, 14, 28, 42, 56, 70) realizando a biometria escrototesticular (PE, consistência, volume, comprimento e largura testiculares) e coletas de sêmen, por vagina artificial, avaliados quanto ao volume, motilidade (0-100%), vigor (0-5), turbilhonamento (0-5), morfologia e concentração espermática (CBRA, 2013). As amostras de sêmen diluídas em Tris-Gema, envasadas em palhetas de 0,25mL, congeladas (TK3000) e armazenadas em botijões criogênicos a (-196°C). Após descongelação (37°C/30 segundos) foram avaliadas quanto à cinética espermática pelo TTR e CASA e quanto à ultraestrutura foi realizado o teste FLUOR para avaliação da integridade do acrossomo (sonda fluorescente FITC-PNA), membrana plasmática (associação de Diacetato de Carboxifluoresceína e Iodeto de Propídio) e potencial mitocondrial (sonda JC-1). O delineamento experimental foi o DIC, utilizando o MIXED do SAS. As médias estimadas por quadrados mínimos das variáveis estudadas, comparadas pelo teste t e de Tukey-Kramer em níveis de 5% de probabilidade. Não houve diferenças significativas entre os grupos, na pré-congelação, quanto às características seminais nem melhoria quanto à biometria escrototesticular, apresentando níveis adequados ao padrões da espécie. Entretanto, verificou-se que a concentração espermática apresentou melhores resultados nos dias D0, 28 e 70 para o TII, e com destaque no D70 para o TIII quando comparado aos outros grupos. No sêmen pós-criopreservação verificou-se que não houve diferenças significativas (p>0,05) pelo CASA quanto aos parâmetros MT, MP, VCL,VSL, VAP, LIN, STR, WOB, ALH, BCF entre os grupos analisados. Observou-se que a MT no D14, 56 e 70 foi maior que 60% apresentando dentro dos índices de normalidade para a espécie ovina diante dos outros parâmetros analisados. No TTR a MP dos grupos no tempo 0, 60, 120 e 180 do sêmen descongelado a 37°C, não demonstrou diferença significativa. O vigor foi inferior no TI quando comparado ao TII e TIII aos 60 e 120 minutos. Porém, TIII apresentou resultados melhores, aos 120 minutos (p<0,05). O uso de 100 e 125mg de bST não apresentou melhorias nas características seminais pós-criopreservação. Entretanto, a aplicação de 125mg de bST na pré-congelação apresentou aumento da concentração espermática do sêmen de carneiros Santa Inês.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 422864 - JOSE ADALMIR TORRES DE SOUZA
Interno - 1643184 - NEY ROMULO DE OLIVEIRA PAULA
Externo ao Programa - 579.135.443-68 - ISOLDA MARCIA ROCHA DO NASCIMENTO - UFPI
Externo à Instituição - ANGELA MARIA XAVIER ELOY - EMBRAPA
Externo à Instituição - TANIA MARIA LEAL - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 14/08/2015 17:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 23/06/2024 21:46