Notícias

Banca de DEFESA: WELLSON ANDRADE DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WELLSON ANDRADE DE OLIVEIRA
DATA: 28/08/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Mestrado em Ciência Animal, Centro de Ciências Agrárias, Univ. Fed. do Piauí Teresina, PI
TÍTULO:

DETECÇÃO DE LESÃO RENAL EM CÃES POR MEIO DA DOSAGEM DA ENZIMA GAMA-GLUTAMILTRANSFERASE NA URINA


PALAVRAS-CHAVES:

canino, gama-glutamiltransferase urinária, injúria renal.


PÁGINAS: 41
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Clínica e Cirurgia Animal
ESPECIALIDADE: Clínica Veterinária
RESUMO:

Os rins são órgãos responsáveis pela homeostase orgânica e, ao mesmo tempo são susceptíveis às lesões provocadas por agentes tóxicos ou isquêmicos. Como os exames utilizados na rotina, para avaliação das funções renais, são considerados marcadores tardios, a introdução de biomarcadores mais sensíveis que a ureia e creatinina pode favorecer o diagnóstico de lesão renal. Objetivou-se avaliar a eficiência da enzima Gama-Glutamiltransferase urinária e da relação Gama-Glutamiltransferase urinária/Creatinina urinária (GGTu/Cu) para detecção da lesão renal precoce em cães, frente à dosagem sérica de ureia e creatinina. Foram utilizados dois grupos: um com lesão renal (23 animais) e outro sem lesão renal (27 animais), ambos com níveis séricos de ureia e creatinina normais, dos quais foram coletados sangue, urina e tecido renal. A lesão renal foi confirmada por exame histopatológico do rim. Os valores da GGT urinária e da relação (GGTu/Cu) dos animais com lesão renal variaram de 98,3 – 678,6 (181,9 ± 147,7) e 0,23 – 4,29 (1,21 ± 0,98), e dos animais sem lesão renal variaram de 11,0 – 90,1 (57,2 ± 19,0) e 0,07 – 1,39 (0,41 ± 0,28), respectivamente. Houve diferença significativa entre os grupos tanto para a GGT urinária quanto para a relação (GGTu/Cu). Os achados evidenciaram que tanto a GGT urinária quanto a relação (GGTu/Cu) foram eficientes para a detecção de lesão renal precoce em cães.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423282 - ANA MARIA QUESSADA
Externo ao Programa - 1739707 - JANAINA DE FATIMA SARAIVA CARDOSO
Externo à Instituição - ALMIR PEREIRA DE SOUZA - UFCG
Notícia cadastrada em: 17/08/2015 09:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 15/06/2024 11:12