Notícias

Banca de DEFESA: RAIZZA EVELINE ESCORCIO PINHEIRO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAIZZA EVELINE ESCORCIO PINHEIRO
DATA: 03/03/2016
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do Programa de Pós-graduação em Ciência Animal
TÍTULO:

POTENCIAL DE APLICAÇÃO DE LEVEDURAS COMO ADSORVENTE DE AFLATOXINA B1 E PROBIÓTICOS EM PISCICULTURA


PALAVRAS-CHAVES:

aquicultura, adsorção, biologia molecular, cepas viáveis, Colossoma macropomum, Saccharomyces cerevisiae

 


PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
SUBÁREA: Aqüicultura
ESPECIALIDADE: Piscicultura
RESUMO:

A utilização de leveduras na agricultura tem um grande potencial em reduzir o dano econômico causado por fungos toxigênicos, podendo atuar como agentes de biocontrole e ainda, na redução da contaminação de matérias-primas por micotoxinas. Neste sentido, a busca por compostos naturais, que possam exercem tais funções é importante para o desenvolvimento tecnológico, econômico e para a sanidade em aquicultura. Deste modo objetivou-se isolar e identificar leveduras presentes nos intestinos de tambatinga cultivados em tanques comerciais de piscicultura e da ração dos ambientes de cultivo no capítulo I; verificar in vitro o potencial probiótico e adsorvente de aflatoxina B1 por cepas de Saccharomyces cerevisiae isoladas em diferentes ambientes no capítulo II e avaliar os efeitos da adição de Saccharomyces cerevisiae em rações contaminadas com aflatoxina B1 sobre o desempenho e sanidade de alevinos de tambaqui no capítulo III. No capítulo I, a identificação molecular das leveduras da ração e intestino de tambatingas foi realizada pela reação de PCR e amplificação por NL1/NL4 e sequenciamento das regiões D1/D2 da subunidade maior do gene do rRNA. Foram identificadas 16 leveduras da espécie Candida nivariensis no intestino dos peixes. Para as amostras de ração, obteve-se um maior número de espécies: Hyphopichia burtonii (23,08%), Lodderomyces elongisporus (15,39%) e Trichosporon asahii (15,39%), Candida nivariensis (7,69%), Candida orthopsilosis (7,69%), Candida parapsilosis (7,69%), Rhodotorula minuta (7,69), Sterigmatomyces elviae (7,69), Cryptococcus liquefaciens (7,69). No capítulo II, as cepas de S. cerevisiae A8L2, RC1 e RC3 foram submetidas aos seguintes testes in vitro para avaliação de seu potencial probiótico: inibição homóloga, autoagregação, coagregação, atividade antibacteriana, tolerância às condições gastrointestinais e adsorção de AFB1. Constatou-se que as três cepas testadas possuem potencial probiótico e adsorvente de AFB1. Em testes in vitro a estirpe A8L2 é mais eficiente que as demais por ter melhor capacidade de adsorção de AFB1,apresentar atividade antibacteriana e ser viável em condições simuladas do trato gastrointestinais de tambaqui. No capítulo III estão sendo analisados os parâmetros zootécnicos e de sanidade de alevinos de tambaqui submetidos a diferentes tratamentos com adição de S. cerevisiae e AFB1 nas rações.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423411 - MARIA CHRISTINA SANCHES MURATORI
Interno - 423289 - JOAO BATISTA LOPES
Externo ao Programa - 1167376 - MARIA DE NASARE BONA DE ALENCAR ARARIPE
Externo ao Programa - 423661 - MARIA MARLUCIA GOMES PEREIRA
Externo ao Programa - 876.013.973-00 - RODRIGO MACIEL CALVET - IFMA
Externo à Instituição - FRANCISCO DE ASSIS BARONI - UFRRJ
Notícia cadastrada em: 29/01/2016 12:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 17/06/2024 21:05