Notícias

Banca de DEFESA: FRANCELINO NEIVA RODRIGUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCELINO NEIVA RODRIGUES
DATA: 02/03/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Núcleo de Pós-graduação em Ciências Agrárias
TÍTULO:

Genética da resistência a verminose em ovinos Santa Inês


PALAVRAS-CHAVES:

Análise Multivariada, Famacha, Haemonchus, Inferência Bayesiana, nematoides gastrointestinais, parâmetros genéticos


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
RESUMO:

A seleção de ovinos geneticamente resistentes a verminose é uma aposta promissora no controle da verminose e produção de alimentos mais saudáveis. Assim, objetivou-se com esta pesquisa identificar ovinos geneticamente resistentes e estimar parâmetros genéticos associados a esta característica. Os animais foram classificados em três categorias utilizando o método de agrupamento não hierárquico multivariado K-means, a partir dos dados de contagem de ovos por grama (OPG), hematócrito, Escore da condição corporal (ECC) e Famacha® coletados no rebanho Santa Inês da Embrapa Meio-Norte no período de agosto de 2012 a julho de 2015. Após o agrupamento foi realizado análise de variância e teste de médias para verificar a existência de diferenças entre os grupos estudados. Houve diferenças significativa entre os grupos. O grupo que apresentou menor OPG, maior hematócrito, maior escore corporal e menor Famacha foi classificado como resistente, pois esses resultados diferiram significativamente (P<0,05) do grupo que apresentou valores opostos, o qual foi classificado como grupo sensível. O terceiro grupo foi classificado como intermediário, pois apresentou características de ambos grupos formados. Desta maneira, a característica resistência a verminose foi estabelecida com três níveis: resistentes, intermediários e sensíveis, sendo sendo que os animais classificados como resistentes representou a maior parte dos animais estudados, 50,7%, versus 13,4% para os sensíveis. A análise genética da característica resistência foi realizada utilizando inferência Bayesiana, por meio do Amostrador de Gibbs. A herbabilidade para a característica resistência foi alta, 0,43, superior as herdabilidades estimadas para as características OPG, hematócrito, ECC e Famacha que foram consideradas baixa, iguais, respectivamente, a 0,05, 0,08, 0,12 e 0,15. Esse resultado mostra que haverá melhores ganhos se a seleção for realizada a partir da característica resistência proposta nesta pesquisa, do que por meio das demais características estudadas isoladamente. A análise de agrupamento multivariada por meio do OPG, hematócrito, escore da condição corporal, e Famacha, proporcionou classificar os animais quanto a resistência a verminose, e essa característica apresentou alta herdabilidade, o que permite ganhos genéticos com o emprego da seleção fenotípica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550485 - JOSE LINDENBERG ROCHA SARMENTO
Interno - 012.068.217-60 - ADRIANA MELLO DE ARAÚJO - EMBRAPA
Externo à Instituição - IZABELLA CABRAL HASSUM - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 22/02/2016 09:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 17/06/2024 20:46