Notícias

Banca de DEFESA: SUSAN EMANUELLY PINHEIRO AMORIM

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SUSAN EMANUELLY PINHEIRO AMORIM
DATA: 10/03/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Prédio do PPGCA
TÍTULO:

DESEMPENHO E COMPORTAMENTO DE CAPRINOS EM PASTAGEM DE CAPIM-TANZÂNIA COM ACESSO RESTRITO A BANCO DE PROTEÍNA 


PALAVRAS-CHAVES:

ganho de peso, leguminosa, raça aAnglonubiana, tempo de pastejo


PÁGINAS: 33
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Pastagem e Forragicultura
ESPECIALIDADE: Avaliação, Produção e Conservação de Forragens
RESUMO:

 Neste trabalho o objetivo foi  avaliar o comportamento de pastejo e o desempenho de caprinos Anglonubianos em pastagem de capim- Tanzânia associado a leucena, manejada como banco de proteína. Os tratamentos consistiram em três sistemas de alimentação: pastagem de capim-Tanzânia (CT); capim-Tanzânia e banco de proteína de leucena no período da manhã (CTBPM); e capim-Tanzânia e banco de proteína de leucena no período da tarde (CTBPT). Adotou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com três tratamentos e seis repetições (animais).  O tempo de pastejo variou entre 5 e 8 horas, maiores valores foram registrados para os animais que permaneceram na pastagem de capim-Tanzânia (P<0,05). Para os animais que tiveram acesso ao banco de proteína ocorreu uma redução de cerca de 2,7 horas no tempo de pastejo. Para taxa de bocados não houve diferença estatística (P>0,05) no pastejo ao capim-Tanzânia, mantendo-se constante durante todo o dia, com 26,63 bocados por minuto, em média. No banco de proteína a taxa de bocado diferiu entre os horários de pastejo (P<0,05) reduzindo no período da tarde, com 11,68 bocados por minuto. A recusa de pastejo na leucena e, a ausência de outros alimentos no banco de proteína resulta na busca por outro alimento, o que é observado no maior tempo dispendido em deslocamento pelos animais, independentemente do turno de acesso adotado, contudo, mantém-se um desempenho animal satisfatório, não havendo diferença no ganho de peso médio diário entre os sistemas de monocultura de capim-Tanzânia e capim-Tanzânia com acesso à banco de proteína de leucena.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423364 - MARIA ELIZABETE DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 1550698 - DANIEL LOUCANA DA COSTA ARAUJO
Externo à Instituição - ROSANE CLAUDIA RODRIGUES - UFMA
Notícia cadastrada em: 01/03/2016 10:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 13/06/2024 11:55