Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: BRUNO SPINDOLA GARCEZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNO SPINDOLA GARCEZ
DATA: 23/11/2016
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do PPGCA/UFPI
TÍTULO: VALOR NUTRITIVO DE DIETAS CONTENDO FRUTOS DE CARNAÚBA (Copernicia prunifera) E TUCUM (Bactris setosa) PARA CAPRINOS
PALAVRAS-CHAVES: Copernicia prunifera, Bactris setosa, Consumo voluntário, digestibilidade, balanço de nutrientes, suplementação a pasto, viabilidade econômica
PÁGINAS: 68
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
ESPECIALIDADE: Avaliação de Alimentos para Animais
RESUMO:

Objetivou-se com essa pesquisa avaliar o valor nutritivo de dietas contendo frutos de carnaúba (Copernicia prunifera (Miller) H. E. Moore) e tucum (Bactris setosa Mart) para caprinos em crescimento. Foram realizados dois experimentos, o primeiro para avaliar o consumo e metabolismo de nutrientes de dietas contendo 40% dos frutos em substituição ao ingrediente energético (milho) e o comportamento ingestivo dos animais, e o segundo para avaliar o desempenho e o comportamento em pastejo de caprinos em pasto de capim-Tânzania suplementados com dietas contendo 40% dos frutos ao nível de 1,5% do PV. O experimento de metabolismo teve duração de 17 dias, com as coletas realizadas durante 5 dias e o comportamento ingestivo em dois. Houve redução no consumo de matéria seca (CMS) de 0,223 e 0,183kg/dia para as rações contendo frutos de carnaúba e tucum, respectivamente. O consumo de proteína digestível (CPD) (78,04 gPD/dia) e energia metabolizável (CEM) (2,51 McalEM/dia) para as rações com frutos de tucum atenderam as exigências nutricionais dos caprinos. A inclusão de frutos de tucum resultou em menor consumo, absorção e retenção de Nitrogênio (15,32 gN, 12,52 g/dia e 10,53 g/dia, respectivamente), com  balanço de N (%Ni) próximo dos 70%. A inclusão de frutos de tucum resultou em aumento da ED (+0,57 McalED/kgMS). Quanto ao comportamento ingestivo se observou maior tempo de ruminação (453,65 min/dia) para a dieta com frutos de carnaúba. No ensaio de desempenho e comportamento em pastejo foram utilizados 21 caprinos, machos, com mesmo peso e separados em 3 grupos, um mantido exclusivamente a pasto e outros dois a pasto e suplementação ao nível de 1,5% do PV. O consumo foi obtido pela diferença entre o fornecido e as sobras, com as pesagens realizadas a cada sete dias e comportamento durante 3 dias. Houve maior consumo de fibra em detergente neutro (FDN) para rações contendo frutos de carnaúba (0,137 kgFDN/dia). A suplementação reduziu em 10,2% o consumo de MS do pasto (P<0,05). Associada ao consumo de nutrientes do pasto, a ração contendo frutos de tucum atendeu as exigências proteicas (0,103 kgPB/dia) e energéticas (0,547 kgNDT/dia) dos caprinos com consumo de 0,137 kgPB/dia e 0,574kgNDT/dia, o que proporcionou maior ganho de peso (0,111 kg/dia). Houve redução no tempo de pastejo (P<0,05) para os caprinos suplementados, com aumento de 1 hora no tempo em ócio. A margem de lucro foi positiva para as rações contendo frutos de tucum (R$ 3,41), com menor custo por kg de ração. A inclusão 40% de frutos de carnaúba e tucum em substituição ao milho em rações para caprinos reduz o consumo e a digestibilidade da matéria seca devido a maior proporção de fibra nas dietas, no entanto, rações contendo frutos de tucum atendem as exigências dos caprinos quanto a proteína digestível e energia metabolizável. A suplementação de caprinos em crescimento em pastagem de capim-Tânzania com rações contendo 40% de frutos de tucum ao nível de 1,5% do PV para ganho de 150g/dia atende as exigências nutricionais da categoria, proporcionando maior ganho de peso que a ração contendo frutos de carnaúba. A suplementação energética reduz o consumo de pasto, promovendo efeito substitutivo, no entanto, proporcionaram margem de lucro positiva por animal, o que mostra a viabilidade econômica do uso dessas rações para caprinos em pastagem cultivada.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1167667 - ARNAUD AZEVEDO ALVES
Interno - 423364 - MARIA ELIZABETE DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 722.072.053-04 - MARCOS CLAUDIO PINHEIRO ROGERIO - EMBRAPA
Externo à Instituição - ROBERTO CLÁUDIO FERNANDES FRANCO POMPEU - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 18/11/2016 16:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 20/06/2024 05:32