Notícias

Banca de DEFESA: MARIA IVAMARA SOARES MACEDO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA IVAMARA SOARES MACEDO
DATA: 27/03/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Centro de Tecnologia - CT/UFPI
TÍTULO: EXPRESSÃO DE GENES ASSOCIADOS AO METABOLISMO DO CRESCIMENTO MUSCULAR E DE DEPOSIÇÃO DE GORDURA INTRAMUSCULAR EM IDADES PÓS-NATAL DE SUÍNOS DIVERGENTES
PALAVRAS-CHAVES: expressão gênica, metabolismo mitocondrial, qualidade de carne, suíno.
PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
RESUMO:

Os fatores genéticos, em particular a raça ou a linhagem, estão entre os que mais influenciam o desenvolvimento muscular de suínos. A dinâmica de crescimento muscular de suínos é de grande interesse científico e agropecuário, pois está associada à características de carcaça em suínos de corte, que são influenciadas diretamente por genes, uma vez que alterações na expressão gênica podem indicar possíveis alterações fisiológicas.

Por esses ascpectos, é importante entender as consequências metabólicas de alterações na síntese de RNAm e proteínas. Nesse sentido, se faz necessário o conhecer melhor o perfil de transcrição do tecido muscular, devido alterações no padrão de expressão gênica poderem direcionar a composição do RNAm entre os vários tipos de células presentes nesse tecido.

Para comparação dos níveis de mRNA e confirmação de padrões de expressão gênica, ferramentas de genética molecular têm contribuído substancialmente para o entendimento da dinâmica dos processos metabólicos ligados à transição do músculo em carne. Dessas ferramentas, menciona-se a técnica RT-qPCR que possibilita analisar genes diferencialmente expressos com alta confiabilidade.

As características fisiológicas e metabólicas e a quantidade final de tecido muscular dependem, principalmente, da proporção dos tipos de fibras. Há relação entre propriedades do metabolismo oxidativo e teor de gordura no músculo esquelético. O número e o tipo de fibras que compõem o músculo estão relacionados com as características de qualidade da carne. Animais com maior número de fibras musculares apresentam menor teor de gordura intramuscular e apresentam carne com maior luminosidade e com menor capacidade de retenção de água.

Para as funções biológicas da atividade mitocondrial e deposição de gordura em suínos ainda não há estudos de expressão gênica em suínos distintos geneticamente. Justifica-se o interesse do conhecimento do perfil de expressão de genes selecionados associados a alterações do metabolismo mitocondrial ao crescimento muscular e ao processo biológico responsável pela deposição de gordura em diferentes grupos de suínos. Diante da existência de genes responsáveis por respostas fisiológicas e metabólicas, espera-se constatar diferenças entre metabolismo oxidativo e glicolítico, por meio dos genes selecionados, de acordo com a idade e potencial de deposição de gordura nos suínos fenotipicamente distintos.

Pressupõe-se que o estudo de expressão gênica utilizando genes atuantes na capacidade oxidativa-glicolítica da atividade mitocondrial e com mecanismos de deposição de gordura intramuscular possa preencher lacunas na compreensão dos mecanismos envolvidos com o metabolismo anaeróbio e utilização de ATP em músculo pos mortem. Além disso, relacionar alterações de metabolismos glicolítico e oxidativo com diferenças de idades em suínos fenotipicamente contrastantes.

Dessa forma, esta pesquisa esclarece padrões regulatórios que governam a dinâmica do crescimento muscular de suínos e suas variações. Considerando a importância do mercado da carne suína e a necessidade de melhoria da qualidade de carne, com este estudo objetiva-se analisar a diferenciação gênica da função mitocondrial e deposição de gordura em suínos, distintos em idade e genética, em termos de crescimento muscular bem como associar os diferentes perfis de expressão dos genes selecionados aos fenótipos estudados por meio da técnica RT - qPCR.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 247.195.523-15 - FABIO MENDONCA DINIZ - EMBRAPA
Interno - 1167774 - JOSE ELIVALTO GUIMARAES CAMPELO
Interno - 1550485 - JOSE LINDENBERG ROCHA SARMENTO
Externo à Instituição - MARIA CLAUDENE BARROS - UEMA
Externo à Instituição - SIMONE ELIZA FACIONI GUIMARÃES - UFV
Notícia cadastrada em: 21/03/2017 10:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 16/06/2024 16:57