Notícias

Banca de DEFESA: GENILSON BEZERRA DE CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GENILSON BEZERRA DE CARVALHO
DATA: 25/02/2013
HORA: 08:30
LOCAL: Auditorio do Hospital Veterinario - CCA
TÍTULO:

Selênio na nutrição de frango de corte no período de 1 a 21 dias de idade


PALAVRAS-CHAVES:

comportamento, dieta, estresse, mofometria, histopatologia, selênio


PÁGINAS: 78
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
ESPECIALIDADE: Avaliação de Alimentos para Animais
RESUMO:

Este trabalho foi desenvolvido para avaliar o efeito da adição de selênio orgânico nas dietas sobre desempenho, mofometria duodenal e histopatologia do fígado de frangos de corte aos 7 e 21 dias de idade. Avaliou-se também o comportamento destes animais aos 21 dias de idade. No ensaio de desempenho foram utilizados 720 frangos de corte misto, da linhagem Ross, no período de 1 a 21 dias de idade. O delineamento experimental utilizado foi o de bloco casualizado, com seis tratamentos e seis repetições com vinte aves por parcela experimental. Os tratamentos consistiram da suplementação do micromineral na forma orgânica com inclusão em dietas constituídas à base de milho e farelo de soja na forma de selenometionina, (Sel-Plex®) (0,5, 1,1, 1,7, 2,3, 2,9 e 3,5 ppm de Se/Kg de ração). Ao final dos períodos de 1 a 7 e de 1 a 21 dias de idade foram determinados o consumo de ração, o ganho de peso e conversão alimentar. Aos 21 dias uma ave de cada repetição, totalizando seis aves por tratamento, foi selecionada pelo peso, colocada em jejum alimentar de 12 horas, da qual foi abatida, para coleta do intestino e do fígado, sendo determinado o comprimento das vilosidades e criptas e números de flocos inflamatórios, respectivamente. Para a avaliação do comportamento foram utilizadas 60 aves arraçoadas com os mesmos tratamentos e cinco repetições, com duas aves por parcela experimental totalizando doze aves por tratamento, as quas foram identificadas com tinta atóxicas, nas corres, verde e vermelha nas asas. No período do ensaio de desempenho, o ambiente experimental foi avaliado duas vezes ao dia as 8 e 15 horas e durante o estudo de comportamento das aves, a cada duas horas por meio da temperatura e umidade. O comportamento foi avaliado através de observações realizadas durante vinte quatro horas consecutivas, em intervalos de 15 minutos, totalizando 1870 observações. Foram realizadas duas avaliações semanais. No período de 1 a 7 dias de idade, os níveis de selênio orgânico melhoram a conversão alimentar, entretanto sem influenciar o consumo de ração e o ganho de peso nem os paramétrico morfométricos e histopatológico do fígado das aves. Considerando a fase total de 21 dias, os níveis de selênio orgânico não influenciam o ganho de peso, porém interferem positivamente na  conversão alimentar, reduzindo o consumo de ração. No tocante ao comportamento, as aves, para a maioria dos  parâmetros avaliados, não significativas manifestam diferença nas resposta em relação aos níveis de selênio orgânico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423289 - JOAO BATISTA LOPES
Interno - 423172 - FRANCISCO ASSIS LIMA COSTA
Interno - 1650875 - LEILANE ROCHA BARROS DOURADO
Externo à Instituição - FIRMINO JOSÉ VIEIRA BARBOSA - UESPI
Notícia cadastrada em: 22/02/2013 19:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 13/06/2024 12:19