Notícias

Banca de DEFESA: LILIAN ROSALINA GOMES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LILIAN ROSALINA GOMES
DATA: 26/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Núcleo de Pós-Graduação em Ciências Agrárias
TÍTULO: Genômica comparativa para identificação de genes candidatos à resistência a endoparasitas gastrintestinais na espécie Ovis aries
PALAVRAS-CHAVES: SNP, alinhamentos genômicos, BLASTn, parasitoses helmínticas, ovinos.
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
RESUMO:

Os ovinos fazem parte do grupo de pequenos ruminantes suscetíveis à infecções parasitárias gastrintestinais causadas por nematelmintos, sendo isso um entrave para a eficiência dos sistemas de produção de carne ovina. Devido ao uso indiscriminado de anti-helmínticos, cada vez mais os parasitas têm sofrido seleção para resistência aos princípios ativos, o que vem colaborando para a ineficácia das drogas disponíveis para o tratamento químico das infecções parasitárias. Além disso, a administração inadequada de fármacos pode provocar problemas ambientais e de segurança alimentar. Uma alternativa ao controle químico da verminose consiste na identificação de possíveis genes que participam do controle da resistência a endoparasitas em ovinos para ajudar na identificação de animais geneticamente resistentes aos parasitas gastrintestinais. Objetivou-se com esta pesquisa identificar e propor genes candidatos à resistência a endoparasitas gastrintestinais em ovinos. Para tanto foi proposta uma analise comparativa de genomas, onde é possível identificar a similaridade entre trechos genômicos que se mantiveram conservados em diferentes espécies ao longo dos tempos. A ferramenta de busca e alinhamento local, BLASTn, foi utilizada a fim de comparar seis janelas do genoma da espécie Ovis aries que possuem SNPs associados com resistência a endoparasitas gastrintestinais, e alinhá-las com o genoma das espécies Capra hircus, Bos taurus, Sus scrofa, Mus musculus e Homo sapiens, na busca por similaridades. O BLASTn gerou um total de 346.099 alinhamentos, e que após passar por filtragem de e-value, identidade e razão entre o tamanho do alinhamento e o tamanho do gene, restaram apenas 281 alinhamentos significativos.  A análise dos alinhamentos apontou que 12 genes das demais espécies alinharam com as janelas do genoma ovino, permitindo assim a confirmação e extrapolação de informações entre os mapas das diferentes espécies. Em relação aos genes candidatos, encontrou-se um total de 5 genes envolvidos com processos imunológicos nas demais espécies, onde um deles alinhou por completo com um gene ovino, e os outros 4 não alinharam com nenhum gene, possibilitando assim, que estes genes sejam propostos como candidatos para a espécie ovina, mas que ainda não são caracterizados. Conclui-se então, que o uso da Bioinformática juntamente com informações de marcadores moleculares pode contribuir para que novos genes possam ser propostos como candidatos para a característica resistência a endoparasitas gastrintestinais para a espécie ovina.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550485 - JOSE LINDENBERG ROCHA SARMENTO
Interno - 1167774 - JOSE ELIVALTO GUIMARAES CAMPELO
Externo ao Programa - 1737174 - FABIO BARROS BRITTO
Externo à Instituição - RICARDO MARTINS RAMOS - IFPI
Notícia cadastrada em: 12/02/2019 09:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 23/06/2024 06:07