Notícias

Banca de DEFESA: FRANCISCA LUANA DE ARAÚJO CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCA LUANA DE ARAÚJO CARVALHO
DATA: 11/03/2019
HORA: 08:15
LOCAL: Auditório do Núcleo de Pós-Graduação em Ciências Agrárias
TÍTULO: Óleo de buriti como alternativa aos antibióticos melhoradores de desempenho em dietas para frangos de corte
PALAVRAS-CHAVES: aditivos fitogênicos, antimicrobiano, mauritia flexuosa, melhorador de desempenho
PÁGINAS: 73
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
ESPECIALIDADE: Avaliação de Alimentos para Animais
RESUMO:

Objetivou-se com esta pesquisa, avaliar dieta para frangos de corte com antibiótico e dietas sem antibiótico contendo níveis crescentes de óleo de buriti, sobre o desempenho, rendimento de carcaça, peso relativo de órgãos, parâmetros sanguíneos e digestibilidade de nutrientes, no período de 1 a 42 dias. Foram utilizados 432 pintos machos de um dia de idade, da linhagem comercial Ross AP95 distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e seis repetições de 12 aves cada. Os tratamentos consistiram de dieta com antibiótico sem óleo de buriti, outra sem antibiótico (DSA) sem óleo de buriti e as demais dietas sem antibiótico com inclusão de níveis crescentes de óleo de buriti (0; 0,2; 0,4; 0,6; 0,8%). Para o ensaio de digestibilidade, 144 frangos de corte machos com 22 dias de idade foram distribuídos em gaiolas de metabolismo, seguindo os mesmos tratamentos do ensaio de desempenho. Foram determinados a digestibilidade da matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo e energia metabolizável das dietas. Aos 35 dias de idade não foram encontrados efeitos dos níveis de óleo de buriti no desempenho e leucograma dos animais e digestibilidade dos nutrientes da dieta. Foram observados efeito linear para o total de eosinófilo, indicando que a adição de óeo de buriti melhora a resposta imunolágica. Aos 42 dias de idade o peso médio e ganho de peso das aves que receberam dietas com óleo de buriti não diferiu do tratamento controle.  Houve um efeito linear para o peso relativo  pâncreas e efeito quadrático para o PM, GP e CA das aves que receberam dietas com óleo de buriti. A remoção de antibiótico da dieta prejudica o desempenho de frangos de corte de 1 a 42 dias de idade, porém inclusão de 0,45% de óleo de buriti em dietas sem antibióticos é suficiente para recuperar o desempenho semelhante aos das aves que consumiram dietas com antibiótico, podendo se tornar uma alternativa viável.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ELVANIA MARIA DA SILVA COSTA - UFPI
Presidente - 1650875 - LEILANE ROCHA BARROS DOURADO
Externo à Instituição - SANDRA REGINA FREITAS PINHEIRO - UFVJM
Notícia cadastrada em: 08/03/2019 16:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 14/06/2024 23:13