Notícias

Banca de DEFESA: GIOTO GHIARONE TERTO E SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GIOTO GHIARONE TERTO E SOUSA
DATA: 21/03/2013
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório da Pós Graduação em Ciência Animal
TÍTULO:

ASPECTOS AMBIENTAIS E GENÉTICOS EM CARACTERISTICAS REPRODUTIVAS DE BOVINOS DA RAÇA NELORE CRIADOS NO MEIO NORTE DO BRASIL


PALAVRAS-CHAVES:

Bovino de corte, Características reprodutivas, Efeitos ambientais, Herdabilidade, Melhoramento genético.


PÁGINAS: 43
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

A bovinocultura é um dos principais destaques do agronegócio brasileiro no cenário mundial. O Brasil é dono do segundo maior rebanho efetivo do mundo, com cerca de 200 milhões de cabeças. Além disso, desde 2004, assumiu a liderança nas exportações, com um quinto da carne comercializada internacionalmente e vendas em mais de 180 países. O rebanho bovino brasileiro proporciona o desenvolvimento de dois segmentos lucrativos. As cadeias produtivas da carne e leite. O Brasil é um grande produtor mundial de proteína animal e tem no mercado interno o principal destino de sua produção. Considerando a produção brasileira de carnes (bovina, suína e de aves) em 2010, estimada em 24,5 milhões de toneladas, temos que 75% dessa produção são consumidas internamente no país. Neste ano, o consumo per capita de carnes aumentou em relação ao ano anterior chegando a 37,4 kg para carne bovina; 43,9 kg de carne de aves e 14,1 kg de carne suína, refletindo o bom desempenho da economia brasileira. Com o crescimento da população brasileira, que acaba ocasiona uma demanda crescente de proteína animal (consumo de carne), há uma necessidade de melhorar substancialmente a produtividade do rebanho bovino nacional, o desempenho reprodutivo dos rebanhos é um dos principais fatores determinantes para eficiência produtiva na bovinocultura de corte, devendo, portanto, ser considerada nos programas de melhoramento genético animal. A produtividade em bovinos de corte na fase de cria está diretamente ligada ao número e ao peso dos bezerros desmamados pela vaca. O número de bezerros está relacionado à eficiência reprodutiva da matriz, sendo ela dependente da idade ao primeiro parto (IPP) e do intervalo de partos (IDP). As características de reprodução são de grande importância em qualquer sistema de produção pecuária, por serem indicadores da eficiência econômica do sistema, porém, são difíceis de serem mensurados e interpretados, já que são influenciadas por alguns fatores, como: ambientais e genéticos tendo como resultados baixos os coeficientes de herdabilidade para as características reprodutivas estudadas (IPP e IDP).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1555834 - SEVERINO CAVALCANTE DE SOUSA JUNIOR
Interno - 1167774 - JOSE ELIVALTO GUIMARAES CAMPELO
Externo ao Programa - 1906490 - LUANNA CHACARA PIRES
Notícia cadastrada em: 20/05/2013 15:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 20/06/2024 07:29