Notícias

Banca de DEFESA: ANNA MONALLYSA SILVA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANNA MONALLYSA SILVA DE OLIVEIRA
DATA: 09/03/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do Núcleo Integrado de Morfologia e Pesquisas com Células-Tronco – NUPCelt
TÍTULO: EFEITO DA ANGIOTENSINA-(1-7) NA PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES
PALAVRAS-CHAVES: bovinos; fiv; biotécnicas; reprodução; SRA
PÁGINAS: 57
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
ESPECIALIDADE: Inseminação Artificial Animal
RESUMO:

A produção in vitro (PIV) de embriões é uma técnica que vem se estabelecendo com o objetivo de obter embriões viáveis de fêmeas de alto valor genético. A biotécnica permite o contato entre o espermatozoide e o oócito fora do trato reprodutivo da fêmea, com a formação de um novo indivíduo. No entanto, apesar de ser uma biotécnica versátil e dos esforços realizados, as taxas de sucesso são inferiores àquelas obtidas com embriões produzidos in vivo. Dessa forma, a adição de Angiotensina - (1-7) nos meios de produção in vitro de embriões bovinos foi testada com a finalidade de melhorar a quantidade e qualidade dos embriões produzidos. Foram utilizados o total de 960 oócitos, aspirados de ovários obtidos de fêmeas bovinas abatidas pela Marchantaria Santa Rita e transportados ao Laboratório de Biotecnologia da Reprodução Animal. Sendo que, 480 oócitos foram distribuídos entre quatro tratamentos e seis repetições, cultivados em diferentes concentrações de Ang – (1-7) (Experimento I), sendo elas: G1) Controle; G2) Ang-(1-7) à 1µM; G3) Ang-(1-7) à 2µM e G4) Ang-(1-7) à 4µM. Após o Experimento I, realizou-se o Experimento II, avaliando a influência do antagonista específico da Ang-(1-7), A-779, nos meios de produção, sendo os grupos divididos em: G1) Controle; G2) Ang-(1-7) à 2µM; G3) Ang-(1-7) à 2µM + A-779 à 2µM; G4) A-779 à 2µM. A avaliação da taxa de clivagem foi realizada após 48 horas do início do cultivo e a formação de blastocisto após 168 horas. Para análise dos dados paramétricos foi realizado ANOVA e para os dados não paramétricos, o teste utilizado foi o de Kruskal-Wallys ao nível de 5% de probabilidade. Os resultados foram expressos como média porcentagem. Os dados foram avaliados pelo programa SigmaStat versão 3.5 (Systat Software, Inc). Para avaliação de taxa de clivagem e taxa de blastocisto dos Experimentos I e II, as concentrações testadas de Ang-(1-7) e A-779 não apresentaram resultado significativo quanto a formação de embriões quando comparadas ao grupo controle. Entretanto, quando avaliados individualmente, os grupos apresentam embriões de qualidades diferentes. Conclui-se que a adição de Angiotensina-(1-7) nas concentrações de 1µM, 2µM e 4µM não influenciam na qualidade e nas taxas de clivagem e formação de blastocisto, quando utilizada nos protocolos de Produção in vitro de Embriões Bovinos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 422864 - JOSE ADALMIR TORRES DE SOUZA
Interno - 423174 - AMILTON PAULO RAPOSO COSTA
Externo à Instituição - YNDYRA NAYAN TEIXEIRA CARVALHO CASTELO BRANCO - UFS
Notícia cadastrada em: 05/03/2020 12:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 17/06/2024 20:30