Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FILIPE NUNES BARROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FILIPE NUNES BARROS
DATA: 21/10/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Remota
TÍTULO: EFEITO DA ADIÇÃO DO ÁCIDO ARAQUIDÔNICO E DO ÁCIDO OLEICO SOBRE A VIABILIDADE ESPERMÁTICA PÓS-CONGELAÇÃO EM SÊMEN CAPRINO
PALAVRAS-CHAVES: Antioxidantes, Criopreservação, Reprodução, Caprinos
PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
ESPECIALIDADE: Ginecologia e Andrologia Animal
RESUMO:

Objetivou-se com o presente estudo avaliar os efeitos da suplementação de diferentes concentrações do ácido araquidônico (0,5μM, 5μM e 50μM) e do ácido oleico (0,5μM, 5μM e 50μM), no diluidor para criopreservação de espermatozoides caprinos, sobre a qualidade seminal. Foram utilizados quatro bodes da raça Anglo-nubiana, coletando seis amostras/animal, com o auxílio de uma fêmea em estro, usando vagina artificial. Após avaliação imediata positiva dos ejaculados, foi feito o pool destes, diluído em TRIS-Gema e dividido de acordo com os tratamentos. Após o processamento, as amostras foram envasadas em palhetas de 0,25ml e criopreservadas com uso da máquina TK 3000®.  Após 5 dias de armazenamento em botijão criogênico foram realizadas as análises pós-criopreservação. As avaliações espermáticas incluíram avaliação da morfologia, o teste de termorresistência, integridade e funcionalidade das membranas espermáticas, cinética espermática pelo CASA, quantificação da lipoperoxidação espermática e quantificação de glutationa reduzida (GSH). Os dados foram analisados em delineamento inteiramente casualizado, com os sete tratamentos e 6 repetições (coletas). Os resultados das variáveis pesquisadas foram submetidos a análise de variância (ANOVA) utilizando-se o procedimento modelos lineares gerais (Proc GLM) e para comparação das médias foi utilizado o teste de Duncan, na probabilidade de 5%. As análises foram executadas através do programa Statistical Analysis System (SAS Institute Inc, 2013). Observou-se que durante a análise da integridade da membrana plasmática, o tratamento com 50 μM de ácido araquidônico apresentou resultados inferiores aos demais tratamentos. Em relação ao potencial mitocondrial, a adição de 0,5 μM de ácido araquidônico ao diluidor melhorou os resultados, entretanto não apresentou diferença significativa (P>0,05) dos demais. Ao se trarar da morfologia espermática, não foi observada diferença estatística (P > 0,05) entre os tratamentos. No que se refere ao teste de termorresistência (TTR), não foi observada interação significativa dentro da análise experimental entre o fator tempo e os tratamentos, sendo avaliados separadamente. Foi observada diferença estatística (P < 0,05) entre os tempos testados em relação aos parâmetros de motilidade e vigor, em que estes parâmetros diminuíram com o decorrer do teste. Até presente momento estes foram os testes realizados. Conclui-se que as concentrações de 0,5 μM, 5 μM e 50 μM ácido araquidônico e 0,5 μM, 5 μM e 50 μM de ácido oleico mantiveram a qualidade dos espermatozoides caprinos após a criopreservação, além do que foi observado que a adição de 0,5 μM de ácido araquidônico ao diluidor influenciou positivamente o potencial mitocondrial dos espermatozoides.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 422864 - JOSE ADALMIR TORRES DE SOUZA
Externo ao Programa - 3334206 - ISOLDA MARCIA ROCHA DO NASCIMENTO
Externo ao Programa - 7423630 - ANTONIO DE SOUSA JUNIOR
Notícia cadastrada em: 14/10/2020 09:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 17/06/2024 21:04