Notícias

Banca de DEFESA: MISAEL DAS VIRGENS SANTANA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MISAEL DAS VIRGENS SANTANA
DATA: 08/07/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Google Meet (Online)
TÍTULO: DINÂMICA DE CRESCIMENTO FOLICULAR EM ÉGUAS DA RAÇA CAVALO NORDESTINO
PALAVRAS-CHAVES: Equino; Folículos; Ultrassonografia;
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
ESPECIALIDADE: Ginecologia e Andrologia Animal
RESUMO:

A introdução dos equinos no Brasil em diferentes épocas e de distintas origens geográfica marcou a formação de diversas raças. Quanto à origem genealógica, pode-se constatar que são oriundas de raças Ibéricas e de raças do norte da África. A espécie em questão é considerada animais poliéstricos estacionais, assim, a avaliação ultrassonográfica dos ovários garante a determinação do número, localização, tamanho e forma dos folículos ovarianos. A dinâmica folicular é caracterizada como o processo contínuo de crescimento e atresia de folículos nos ovários, sendo diretamente influenciada por fatores extrínsecos como nutrição, temperatura, estresse e fotoperíodo. Em meio a esses fatores, a raça Cavalo Nordestino, composta por animais de pequena estatura e grande resistência e força que se adaptaram bem ao local ondem vivem. Assim, trabalhos envolvendo a dinâmica folicular em animais da raça Cavalo Nordestino faz se necessários, devido à escassez de pesquisa dessa natureza, nessa raça. Deste modo, objetivou-se avaliar a dinâmica do crescimento folicular em fêmeas da raça Cavalo Nordestino durante o ciclo estral. Essa pesquisa foi realizada na fazenda Faveira, município de Elesbão Veloso-PI com 15 animais, durante 22 dias consecutivos. Esses animais, receberam duas doses, por via intramuscular, de 6,71 mg, de dinoprost trometramina, em intervalo de 12 dias para sincronização do crescimento folicular. Após 48 horas da segunda aplicação, todas foram examinadas diariamente utilizando ultrassom Mindray® Z6 VET. O monitoramento do crescimento folicular foi avaliado considerando no máximo três folículos por ovários. Após a tabulação e organização dos dados, a análise estatística foi realizada com o software IBM SPSS Statistics versão 26.0. Na comparação dos diâmetros foliculares dos animais que ovularam, não foi observado diferença significativa, a análise de vadiânça unidirecional e teste de Tukey foram realizados para comparar as categorias: lactantes, nulíparas e pluríparas, mostrando não haver diferença significativa no tamanho do folículo pré-ovulatório, por categoria animal. Dos 15 animais, cinco não ovularam e dez ovularam. Os animais da raça Cavalo Nordestino, apresentam diâmetro folicular médio, um dia anterior à ovulação, de 37,11 milímetros e taxa de crescimento folicular diária de 2,12 milímetros. Em conclusão, a dinâmica do crescimento folicular em animais da raça Cavalo Nordestino encontrado nesta pesquisa são semelhantes aos estudos com éguas de outras raças. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 422864 - JOSE ADALMIR TORRES DE SOUZA
Externo ao Programa - 3161975 - DEYSE NAIRA MASCARENHAS COSTA
Externo à Instituição - FELIPE DE JESUS MORAES JUNIOR - UEMA
Notícia cadastrada em: 05/07/2021 09:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 14/06/2024 23:28