Notícias

Banca de DEFESA: WALLISSON BRUNO DE MORAIS PACHECO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WALLISSON BRUNO DE MORAIS PACHECO
DATA: 30/09/2021
HORA: 08:30
LOCAL: Google Meet (Online)
TÍTULO: EFEITO DA CRIOPRESERVAÇÃO SOBRE CÉLULAS SOMÁTICAS DE BOVINOS DA RAÇA CURRALEIRO PÉ DURO SUBMETIDAS A DIFERENTES CURVAS DE CONGELAÇÃO
PALAVRAS-CHAVES: Fibroblastos; Banco de Germoplasma; Cultivo Celular
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
RESUMO:

Os bovinos da raça Curraleiro Pé Duro possuem grande rusticidade e capacidade de adaptação, o que despertou interesse em cruzamentos genéticos, até a diminuição drástica do número de animais. A técnica de Criopreservação de Células Somáticas, permite estocar por tempo indeterminado o material genético. Logo, o objetivo desse trabalho é observar o efeito de 3 curvas de criopreservação sobre as células somáticas de bovinos Curraleiro Pé Duro. O experimento foi realizado em Teresina-PI, na Universidade Federal do Piauí, no LBRA/CCA, utilizou-se um animal, hígido e com acesso a água e sal à vontade. O mesmo após os exames iniciais passou pelas etapas de assepsia, tricotomia, anestesia e colheita da biópsia, que foi transportada dentro de uma caixa com temperatura controlada. No laboratório, a biópsia foi processada incubadas em atmosfera controlada. Como grupo controle, foram utilizadas células de tecido auricular de bovinos Nelore. As células foram observadas quando a confluência e a morfologia até a quarta passagem e então, criopreservadas em 3 tratamentos (1NEL, 2NEL, 3NEL, 1CPD, 2CPD e 3CPD). Após 10 dias foram descongeladas e analisadas quanto a sua viabilidade celular, pela técnica de Azul de Tripan e em 7 dias, analisadas quando a confluência e morfologia novamente. Os dados passaram por análise de Variância e pelo teste de Tukey. Não foram observadas diferenças estatísticas entre a viabilidade celular e a capacidade de confluência das amostras. Conclui-se que a criopreservação de células auriculares de bovinos Curraleiro Pé Duro, se mostra uma ferramenta positiva para a conservação do material genético de raças nativas em risco de extinção, na forma de bancos de germoplasma, com grande potencial para utilização em biotécnicas de reprodução assistida.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 422864 - JOSE ADALMIR TORRES DE SOUZA
Externo ao Programa - 3334206 - ISOLDA MARCIA ROCHA DO NASCIMENTO
Externo à Instituição - YNDYRA NAYAN TEIXEIRA CARVALHO CASTELO BRANCO - UFMA
Notícia cadastrada em: 20/09/2021 10:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 13/06/2024 11:53