Notícias

Banca de DEFESA: MARIA LUIZA LIMA CORDEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA LUIZA LIMA CORDEIRO
DATA: 25/02/2022
HORA: 08:00
LOCAL: Defesa por via remota, por meio da plataforma Google Meet
TÍTULO: EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO DO DILUIDOR TRIS-GEMA COM EXTRATO DE JAMBOLÃO (Syzygium cumini) NA QUALIDADE ESPERMÁTICA DO SÊMEN OVINO PÓS-CRIOPRESERVAÇÃO
PALAVRAS-CHAVES: Antioxidante, Azeitona preta, Sêmen criopreservado
PÁGINAS: 54
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
ESPECIALIDADE: Inseminação Artificial Animal
RESUMO:

Dentre as biotecnologias reprodutivas, a criopreservação seminal destaca-se por possibilitar a preservação de material genético de reprodutores de alto mérito zootécnico. No entanto, essa biotécnica pode afetar a qualidade das células espermáticas devido à produção de espécies reativas de oxigênio (EROS) em virtude do processo de congelação/descongelação. Devido a isso, vale ressaltar a importância de mais pesquisas, visando a redução da depleção das células espermáticas durante a criopreservação. Nesse contexto, objetivou-se, por meio deste estudo, avaliar o efeito do extrato de Jambolão (Syzygium cumini) na qualidade espermática do sêmen ovino pós-descongelação. Para tanto, foram utilizados cinco carneiros da raça Dorper em idade reprodutiva. O sêmen foi colhido no turno da manhã, utilizando uma vagina artificial específica para a espécie e com o auxílio de uma fêmea estrogenizada. As colheitas foram realizadas no intervalo de sete dias. Logo após, as amostras colhidas foram submetidas individualmente as análises macroscópicas e microscópicas antes da formação do pool. Seguidamente, o pool foi diluído em TRIS-GEMA acrescido ou não de extrato de Jambolão nas seguintes concentrações: 1 mol, 0,1 mol, 0,01 mol, 0,001 mol. Dessa forma, cinco grupos foram formados, sendo um grupo controle – sem a adição de extrato de Jambolão, e quatro grupos experimentais – T1 (1 mol), T2 (0,1mol), T3 (0,01 mol) e T4 (0,001 mol). Imediatamente após a formação dos grupos, o sêmen diluído foi envasado em palhetas francesas de 0,25 mL, e criopreservado em máquina automatizada TK3000. Ao término dessa etapa, as palhetas foram armazenadas em botijão criogênico a uma temperatura de -196°C. Logo após a descongelação em banho maria a 37°C, foram realizadas as análises de viabilidade espermática, como a motilidade total e vigor. Além disso, concomitantemente foi realizado o teste de termo resistência (TTR), a fim de verificar a longevidade espermática nos tempos: 0, 60, 120 e 180 minutos pós-descongelação. Ademais, foi realizada a análise de sondas fluorescentes para verificar a integridade de membrana plasmática, integridade acrossomal e a atividade mitocondrial das células espermáticas. A cinética espermática pós-descongelação foi mensurada pelo sistema computadorizado de análise seminal (CASA). Os dados foram analisados pelo SAS e as médias foram comparadas pelo teste de Duncan (5% de probabilidade). Quanto aos resultados de termorresistência, no tempo um (H1) o tratamento T4 apresentou motilidade superior aos demais tratamentos; o tratamento T2 apresentou, no tempo dois (H2), média superior aos tratamentos – T1, T3 e T4. No parâmetro vigor houve médias iguais entre o tratamento T2 e grupo controle. No tempo três (H3), quanto a motilidade, a maior média foi observada no tratamento T4, e no parâmetro vigor o T2 foi a média mais alta. Quanto às análises da integridade de membrana plasmática, membrana acrossomal e análise do potencial mitocondrial dos espermatozoides pós-descongelação, não houve diferença estatística entre os tratamentos (T1, T2, T3 e T4) (P < 0,05). Quanto à cinética espermática, não foi evidenciado diferença significativa entre os tratamentos (P < 0,05). Nesse sentido, conclui-se que a suplementação do extrato de jambolão ao diluidor TRIS-GEMA, não influenciou negativamente a qualidade e viabilidade espermática pós-criopreservação nas diluições testadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 422864 - JOSE ADALMIR TORRES DE SOUZA
Externo à Instituição - ANTONIO DE SOUSA JUNIOR - UFPI
Externo à Instituição - YNDYRA NAYAN TEIXEIRA CARVALHO CASTELO BRANCO - UFMA
Notícia cadastrada em: 16/02/2022 08:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 17/06/2024 19:34