Notícias

Banca de DEFESA: CHARLYS RHANDS COELHO DE MOURA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CHARLYS RHANDS COELHO DE MOURA
DATA: 21/02/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Programa de Pós-graduação em Ciência Animal
TÍTULO:

ÍNDICE CARDIOTORÁCICO e VHS PARA A PADRONIZAÇÃO DO TAMANHO CARDÍACO DE CUTIAS (DASYPROCTA PRYMNOLOPHA, WAGLER 1831) EM IMAGENS RADIOGRÁFICAS COMPUTADORIZADAS


PALAVRAS-CHAVES:

VHS, ICT, cutias, radiologia torácica


PÁGINAS: 46
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Clínica e Cirurgia Animal
ESPECIALIDADE: Clínica Veterinária
RESUMO:

Inúmeros pesquisadores têm desprendidos esforços para obter maiores conhecimentos sobre a biologia de espécies silvestres, especialmente aquelas ameaçadas de extinção. Roedores silvestres como a paca (Agouti paca), a capivara (Hydrochaeris hydrochaeris), o mocó  (Kerodon rupestris), o cobaia  (Cavia porcellus)e a cutia (Dasyprocta aguti) são espécies intensamente predadas em toda a Amazônia e nas regiões semiáridas do Nordeste do Brasil, constituindo-se como importante opção de consumo de proteína animal para a população local. Foram utilizados 12 animais hígidos da espécie (Dasyprocta prymnolopha, Wagler 1831, oriundos do Núcleo de estudos e preservação de animais silvestres (NEPAS) da Universidade Federal do Piauí do município de Teresina, PI. Os animais foram separados em dois grupos compostos por 6 machos e 6 fêmeas, com média de 2 anos de idade, previamente  identificados, pesados, submetidos à exame clínico, perfil hematológico e avaliação física. Os animais foram submetidos a exames radiográficos por radiografia digital do tórax em projeções latero-laterais e dorsoventrais e calculado o índice cardiotorácico e o VHS. O estudo do ICT, foco desta pesquisa evidenciou a partir da relação entre os diâmetros cardíaco e torácico da cutia, um valor médio de 0,51±0,03 para os machos, enquanto as fêmeas evidenciaram índice cardiotorácico menor com média de 0,52±0,02. O VHS foi de 8±0,31 para os machos e 8,11±0,41 para as fêmeas. Assim, ambas as técnicas mostraram-se de fácil acesso e aplicação em cutias. Estatisticamente evidenciaram correlações significantes, podendo ambas serem utilizadas para avaliação cardíaca em cutias. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1640379 - FLAVIO RIBEIRO ALVES
Externo ao Programa - 1739707 - JANAINA DE FATIMA SARAIVA CARDOSO
Externo à Instituição - RAIMUNDO ALVES BARRETO JUNIOR - UFERSA
Notícia cadastrada em: 23/01/2014 14:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 14/06/2024 22:37