Notícias

Banca de DEFESA: MARA RAMEL DE SOUSA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARA RAMEL DE SOUSA SILVA
DATA: 22/07/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Núcleo de Pós-Graduação em Ciências Agrárias
TÍTULO:

Características de carcaça, componentes não carcaça e composição tecidual de cortes de caprinos terminados a campo com suplementação


PALAVRAS-CHAVES:

Caprinos, Grupos genéticos, Idade


PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

A exploração de pequenos ruminantes tem sido apresentada como uma opção para produção de carne que aproveita bem os recursos naturais, sendo também apresentada como uma alternativa econômica para o setor rural. Porem, não é recente a informação que a competição com outras espécies depende do produtor disponibilizar no mercado carcaça proveniente de animais jovens, criados com manejos bem conduzidos, que tenha como resultados a apresentação de carcaças de qualidade. Há necessidade de adequação do animal produzido no campo as exigências de um mercado competitivo, impulsionando a importância econômica, social e cultural dessa atividade por todas as regiões do país. A pesquisa foi realizada em Teresina-PI, com objetivo de avaliar as características de qualidade de carcaça em caprinos com duas idades e diferentes grupos genéticos terminados a campo. Utilizou-se, em distribuídos em delineamento inteiramente casualisado, seis animais dos grupos genéticos: raça Anglonubiana, F1 “Boer-Anglo”, F1 “Saanen-Anglo” e animais SRD, abatido com idade média de 18 meses. Também utilizou-se seis animais Anglonubiano e F1 “Boer-Anglo” abatidos com cinco meses de idade. Os animais foram criados em regime extensivo, com pastejo em áreas com capim Tanzânia, terminados a campo com suplementação alimentar para uniformização da condição corporal. Foram considerados como critérios para diferenciação desses animais as medidas da carcaça fria, peso de carcaça fria, os cortes; perna, paleta e lombo, sua composição tecidual, as proporções dos cortes em relação ao peso da carcaça fria e dos componentes da composição em relação aos cortes, peso corporal ao abate, carcaça quente, carcaça fria, índice de quebra ao resfriamento, rendimento comercial e componentes não carcaças: sangue, cabeça, pele, língua, coração, pulmão+traqueia, fígado, vesícula+bile, rins, baço, estômago completo e “fussura” completa. Carcaças de animais abatidos com pesos similares podem apresentar características morfológicas diferentes. O cruzamento não contribui efetivamente para a melhoria de indicadores de qualidade da carcaça de caprinos, quando as raças envolvidas apresentam tamanho adulto similar. A tendência dos caprinos apresentarem acabamento relativamente tardio implica em menor qualidade de conservação da carcaça e subutilização do potencial de crescimento dos animais, se o abate ocorre precocemente. O abate de caprinos jovens deve ser orientado pela condição corporal e não pela idade do animal. O desenvolvimento dos cortes perna e paleta ocorreram proporcionalmente ao do peso da carcaça fria, independente do grupo genético ou da idade. O desenvolvimento do lombo e da relação lombo/peso da carcaça fria nesse estudo, não sofreu influência de grupo genético ou idade. Os animais com mais idade e de grupos genéticos diferentes apresentaram desenvolvimento distinto em algumas características, logo carcaças de qualidade diferentes podem ser obtidas a um mesmo peso de abate. Sugere-se a necessidade de manejo sanitário e alimentar diferenciado para melhor aproveitamento da genética de raças consideradas especializadas para carne. O avanço da idade contribuiu para o aumento dos principais componentes não carcaça, mas em compensação promoveu queda no rendimento comercial e similaridade nos índices de quebra ao resfriamento.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167774 - JOSE ELIVALTO GUIMARAES CAMPELO
Externo ao Programa - 423363 - MANOEL HENRIQUE KLEIN JUNIOR
Externo à Instituição - MARCOS JACOB DE OLIVEIRA ALMEIDA - EMBRAPA
Interno - 423411 - MARIA CHRISTINA SANCHES MURATORI
Externo à Instituição - REGIANE GONÇALVES FEITOSA LEAL NUNES - IFPI
Notícia cadastrada em: 17/06/2014 09:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 15/06/2024 10:14