Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SANDRA REGINA GOMES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SANDRA REGINA GOMES DA SILVA
DATA: 06/11/2014
HORA: 08:30
LOCAL: Auuditório dos Programas de Pós-graduação do CCa
TÍTULO:

ZINCO ORGÂNICO PARA FRANGOS DE CORTE DE 1 A 42 DIAS ESTRESSADOS POR CALOR CÍCLICO


PALAVRAS-CHAVES:

avicultura, analise química, córtex tímico, parâmetros bioquímicos, viabilidade criatória


PÁGINAS: 63
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
RESUMO:

Objetivou-se avaliar o efeito da suplementação da dieta com zinco orgânico sobre o desempenho de frangos de corte na fase pré-inicial, inicial, crescimento e terminação, rendimento de carcaça, peso relativo de órgãos linfoides, digestivos e coração, bem como o percentual de córtex bursal das aves ao final das fases inicial e final, percentual de córtex tímico, parâmetros bioquímico sérico e análise química da carcaça na fase de terminação. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos consistiram na suplementação com zinco orgânico nos níveis: 30, 60, 90 mg/kg, mais um tratamento controle para todos os ensaios. Na fase pré-inicial, os tratamentos influenciaram de forma quadrática o consumo de ração, o ganho de peso e a viabilidade criatória, em que os maiores valores foram obtidos respectivamente, nos níveis suplementares de 58,33; 50,0 e 45,45 mg de zinco orgânico/kg de ração. No período de 1 a 21 dias, os níveis de zinco orgânico suplementares não influenciaram o consumo de ração, ganho de peso, conversão alimentar, índice de eficiência produtiva e viabilidade da criação. No entanto, influenciaram de forma quadrática o rendimento de carcaça e o peso relativo do pâncreas, propiciando maiores valores nos níveis de 47,33 e 75 mg/kg, respectivamente. O peso relativo do coração foi influenciado de forma linear positiva pelos tratamentos.  Nas fases de crescimento e engorda, os tratamentos influenciaram de forma linear e positiva o consumo de ração, proteína bruta e extrato etéreo na carcaça, peso relativo da moela, concentração das proteínas totais e o percentual do córtex tímico. Os tratamentos têm efeito positivo sobre o desempenho dos animais na fase pré-inicial, no entanto não melhoram o desempenho nas demais fase analisadas, embora a resposta imune em todas as fases estudadas seja melhorada.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423289 - JOAO BATISTA LOPES
Interno - 423174 - AMILTON PAULO RAPOSO COSTA
Externo ao Programa - 1671082 - LEONARDO ATTA FARIAS
Externo à Instituição - DANIEL MEDEIROS DE NORONHA ALBUQUERQUE - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 17/10/2014 09:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 17/06/2024 23:19