Últimas Notícias
Banca de DEFESA: THAÍS CRISTINA VIANA DE CARVALHO
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THAÍS CRISTINA VIANA DE CARVALHO
DATA: 07/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Física/CCN
TÍTULO: Estudo das propriedades vibracionais, eletrônicas e morfológicas da monocamada de WSe2 por diferentes técnicas de espectroscopia.
PALAVRAS-CHAVES: WSe2, monocamada, suspenso, espectroscopia Raman, propriedades térmicas
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Física
RESUMO:

Nesse trabalho, realizou-se estudos de monocamada de WSe2, crescido por CVD e transferido para um substrato perfurado de SiO2/Si, em dependência com a temperatura e potência de excita c~ao atrav es das técnicas de espectroscopia Raman e fotoluminescência. A morfologia da amostra foi comprovada por AFM revelando a existência de resíduos poliméricos e por conta disso a altura do  ake foi de 1.63 nm, enquanto que, a esperada para a monocamada de WSe2 1 nm. O modo Raman A1g (fora do plano) por ser o mais intenso foi o objeto das investigações desse trabalho, observou-se que com o aumento de temperatura no intervalo de 98- 513 K, o n umero de onda do modo A1g deslocou-se linearmente para menores números de onda, e atrav es da inclina c~ao do gr a co da N umero de Onda vs: Temperatura obteve-se o coe ciente de temperatura de primeira ordem de -0,0044 e -0,0064 cm-1/K para a monocamada de WSe2 suspenso e suportado, respectivamente. O alto valor do coe ciente para a amostra suportada, em rela cão a amostra suspensa, est a relacionado ao aumento da anarmonicidade devido ao espalhamento de fônon com a superfície rugosa do substrato de Si. Os par^ametros de Gruneisen foram obtidos atrav es dos coe cientes de temperatura, coeficiente de expansão térmica e o modo de vibra cão A1g, para a monocamada suspensa e suportada e os valores foram de 0.73 e 1.06, respectivamente. Essas análises revelaram a influência do substrato de Si nas propriedades térmicas da monocamada de WSe2, que pode ser util no desenvolvimento de dispositivos a base de materiais 2D atomicamente nos. Estudos de fotoluminescência em dependência com a temperatura e potência de excita c~ao buscou-se entender as propriedades de emissão e dinâmica de exciton. Veri cou-se um pico de emissão de fotoluminescência de excitons localizados entre 1.64 e 1.69 eV do gr a co da Energia vs: Temperatura, que possui uma forma assimétrica. Al em disso, foi observado emissão de exciton que pode estar relacionado a efeitos indesejados como resíduos poliméricos deixados após as etapas de transferência, a própria rugosidade do substrato entre outros, vistos através dos deslocamentos para menores valores de energia nos espectros. Portanto o entendimento das complexas propriedades excitônicas da monocamada de WSe2 são de grande interesse para se alcançar novos dispositivos optoeletrônicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1570906 - BARTOLOMEU CRUZ VIANA NETO
Interno - 2056226 - CLEANIO DA LUZ LIMA
Externo à Instituição - FRANCISCO WELLERY NUNES SILVA - IFMA
Interno - 1720015 - GARDENIA DE SOUSA PINHEIRO
Externo à Instituição - RAFAEL SILVA ALENCAR - UFPA

Cadastrada em: 16/01/2020
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 20/02/2020 - 21/02/2020 · Matrícula para o período 2020.1.
  • 02/03/2020 · Início do período letivo 2020.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 19/02/2020 04:02