Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CLEICIANE MARIA DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLEICIANE MARIA DE OLIVEIRA
DATA: 28/09/2022
HORA: 09:00
LOCAL: https://meet.google.com/tju-wsjk-puh
TÍTULO: CAÇA E CAPTURA DE VERTEBRADOS TERRESTRES PARA FINS DIVERSOS NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO
PALAVRAS-CHAVES: Etnozoologia. Vertebrados terrestres. Atividade cinegética. Brasil
PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A relação de dependência entre humanos e a fauna silvestre existe há muito tempo. Hoje é possível compreender todos os tipos de relação entre o ser humano e os animais silvestres por meio da etnozoologia. Os animais capturados são destinados para vários fins, dentre eles o uso como fonte protéica, na medicina tradicional local e comércio. Com isso, nosso trabalho tem por objetivos gerais analisar as espécies mais exploradas para diferentes usos nos biomas Caatinga e Cerrado e verificar os usos e interesse comercial de animais silvestres pelas populações do campo e da cidade do município de São Félix, estado do Piauí. Para esse fim, realizamos uma revisão bibliográfica em quatro bases de dados envolvendo trabalhos que abordam usos da fauna silvestre no semiárido brasileiro, através de combinações de palavras-chave para compor o capítulo l. Para a construção do capítulo ll, está sendo realizada uma coleta de campo em comunidades rurais e urbana do município de São Félix, Piauí, onde estão sendo aplicados questionários semiestruturados aos caçadores envolvendo questões acerca do perfil socioeconômicos dos mesmos e sobre a caracterização da caça. Além disso, estão sendo feitos acompanhamentos com os caçadores e conversas informais. Os dados para ambos os capítulos foram analisados através de estatística descritiva. Após a coleta final dos dados de campo, serão realizadas análises estatísticas mais complexas utilizando análise exploratória, matriz de escalonamento multidimensional e análise de variância permutacional multivariada a fim alcançar os objetivos propostos. Os resultados da revisão mostraram uma pressão acentuada sobre a avifauna, principalmente na Caatinga e as espécies variaram de acordo com o uso e citações por artigo e caçadores. De acordo com os dados parciais do capítulo ll, nós encontramos que 13 espécies são exploradas pelos caçadores locais, sendo 4 aves e 9 mamíferos. As espécies mais citadas foram: tatu, mambira e peba. Com relação à caracterização da caça, vimos que a maior parte dos caçadores praticam a caça desde cedo, todos utilizam animais silvestre na alimentação e maioria disse não fazer uso para fins medicinais e comércio. A maioria dos entrevistados disseram que as espécies estão diminuindo, que a caça tem contribuído para tal fato e que é importante pensar na manutenção dessas espécies. Considerando a incidência da caça furtiva, é importante ampliar os estudos etnozoológicos e, consequentemente promover estratégias de conservação dessas espécies.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2217228 - WEDSON DE MEDEIROS SILVA SOUTO
Interno - 1984821 - PATRICIA MARIA MARTINS NAPOLIS
Interno - 423289 - JOAO BATISTA LOPES
Interno - 1653145 - ANDERSON GUZZI
Interno - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Externo à Instituição - KELLY POLYANA PEREIRA DOS SANTOS - UESPI
Externo à Instituição - LEONARDO MOURA DOS SANTOS SOARES - UEMA
Notícia cadastrada em: 13/09/2022 15:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 08/12/2022 12:57