Notícias

Banca de DEFESA: BRUNA DE MORAES RUBIM ALELAF

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNA DE MORAES RUBIM ALELAF
DATA: 18/11/2019
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 752 - Sala do Mestrado em Ciências Biomédicas
TÍTULO: INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DA DOR CRÔNICA EM CRIANÇAS HOSPITALIZADAS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DAS PROPRIEDADES DE MEDIDA
PALAVRAS-CHAVES: Avaliação, Crianças, Dor crônica, Pacientes internados
PÁGINAS: 193
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Introdução: A avaliação da dor crônica em crianças hospitalizadas é uma tarefa extremamente desafiadora para cuidadores, pesquisadores e profissionais da saúde. Além das dificuldades inerentes à falta de maturação neuropsicomotora, estas crianças podem ainda apresentar alterações cognitivas, limitando a interpretação e confiabilidade dos instrumentos de avalição da dor. A imprecisão destes instrumentos dificulta o manejo eficaz da dor, uma vez que podem não ser confiáveis para medir o construto que se pretende. Objetivo: Sintetizar e analisar sistematicamente a qualidade das propriedades de medida de instrumentos aplicados na avaliação de dor crônica em crianças hospitalizadas. Metodologia: Revisão sistemática conduzida de acordo com as recomendações do Preferred Reporting Items for Sistematic reviews and Meta-Analyses (PRISMA). Foram incluídos estudos que abordassem instrumentos de avaliação da dor crônica em crianças, ≥ 2 anos e < 12 anos, hospitalizadas, e que apresentassem em seus resultados a avaliação de, no mínimo, uma propriedade de medida. As bases de dados Pubmed, Web of Science, Cochrane, Cinahl, PsycNET, Embase e Google Scholar foram pesquisadas por revisores independentes. A qualidade dos estudos incluídos foi avaliada por meio do (1) checklist Risco de Viés do COnsensus-based Standards for the selection of health status Measurement INstruments (COSMIN)(2) critérios para boas propriedades de medição e (3) abordagem GRADE do COSMIN. A extração dos dados foi realizada por meio de uma ferramenta padronizada do Instituto Joanna Briggs (JBI) e adaptada aos elementos específicos de uma revisão psicométrica. Resultados: Foram incluídos na revisão dois estudos, os quais avaliaram o Questionário de Experiência da Dor para Crianças (PEQ-C) e a Avaliação Hétero Douleur Enfant (HEDEN). As propriedades de medida avaliadas foram a validade estrutural, consistência interna, confiabilidade, validade de critério e validade de construto. A maioria das propriedades apresentaram classificação muito boa, conforme checklistRisco de Viés e classificação insuficiente, segundo os critérios para boas propriedades de medida. Já as evidências foram classificadas, segundo a abordagem GRADE, como moderada na maioria das avaliações. Conclusão: Apesar da existência de uma grande quantidade de instrumentos para avaliação da dor, poucos são direcionados especificamente para a dor crônica em crianças hospitalizadas. Neste sentido, urge a necessidade de mais estudos sobre o tema, seguindo as recomendações de validação e avaliação das propriedades psicométricas reconhecidas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1900252 - BALDOMERO ANTONIO KATO DA SILVA
Externo ao Programa - 1297645 - CRISTIANO SALES DA SILVA
Presidente - 1642909 - FUAD AHMAD HAZIME
Notícia cadastrada em: 04/11/2019 07:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 06/12/2019 13:42