Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JEANE DE SOUSA CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JEANE DE SOUSA CARVALHO
DATA: 04/08/2023
HORA: 15:00
LOCAL: SALA Nº01 -ANTIGA PREXC (por trás do HU)
TÍTULO: ANÁLISE DOS INDICADORES DE DESEMPENHO DO PRÉ-NATAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA ENTRE OS ANOS DE 2018 A 2021 NO MUNICÍPIO DE COCAL - PI
PALAVRAS-CHAVES: Assistência Pré-natal. Atenção Primária à Saúde. Monitoramento de Resultados.
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

RESUMO: Introdução: A atenção pré-natal tem a finalidade de alcançar o nascimento de um bebê saudável, sem prejuízos à saúde da mãe, com capacidade de reduzir as causas mais relevantes de mortalidade materna e neonatal. Enfatiza-se a relevância da avaliação do desempenho da assistência pré-natal realizada na Atenção Primária à Saúde - APS, considerada como nível de atenção prioritário para o acompanhamento gestacional. Objetivo: Analisar a previsão dos indicadores de desempenho do Pré-Natal por quadrimestre do município de Cocal – PI entre os anos de 2018 a 2021. Métodos: Trata-se de um estudo quantitativo, do tipo descritivo, realizado com dados secundários. dos indicadores de desempenho da APS, disponíveis no e-Gestor Atenção Básica (e-Gestor/AB) do município de Cocal-Piauí. A amostra deste estudo corresponde aos dados de três indicadores de desempenho do programa Previne Brasil, relativos à assistência pré-natal de 2018 a 2021. Para análise de dados foram utilizados apenas os valores percentuais dos indicadores, sendo organizados por ano, quadrimestralmente, dentro do período delimitado para a pesquisa. Foi realizada a análise descritiva exploratória, através da aplicação da frequência absoluta. Para análise de previsão, foi aplicado o modelo de previsão por médias móveis por 2 quadrimestres. Resultados:  Para o indicador 1, os valores diminuem, apresentando alguns picos no Q2 de 2018 (33%) e no Q3 de 2020 (40%), a previsão foi de diminuição entre os quadrimestres analisados, tendo maior pico previsto no Q1 de 2021 (38,5%), com previsão de queda para o 1º quadrimestre de 2022 (27%). O indicador 2 mostrou valores crescentes, com previsão de aumento para o Q1 de 2022 (42,5%). O indicador 3, apresentou elevação até o Q2 de 2020 (22%), seguido de redução significativa, chegando ao menor valor no Q1 de 2021 (2%), a previsão evidenciou um crescimento, com maior ênfase no Q3 de 2020 (19%), para 2022 a previsão foi de aumento para Q1 de 2022 (6,5%). Conclusão:  A proporção de gestantes com pelo menos 6 consultas pré-natal realizadas, sendo a 1ª até a vigésima semana de gestação, teve uma previsão de redução. Os melhores desempenhos foram apresentados na proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV, com previsão de aumento. Houve certa dificuldade para o crescimento da proporção de gestantes com atendimento odontológico, havendo previsão de uma elevação sutil.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 328.178.603-06 - KELSEN DANTAS EULALIO - UFPI
Externo à Instituição - ROSANE DA SILVA SANTANA - SESAPI
Presidente - 1560969 - ROSIMEIRE FERREIRA DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 25/07/2023 10:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 14/04/2024 07:52