Notícias

Banca de DEFESA: CLEANE DA COSTA PAZ

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLEANE DA COSTA PAZ
DATA: 30/06/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Química
TÍTULO:

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PAUTADAS NA PBL PARA A PROMOÇÃO DA ARGUMENTAÇÃO NO ENSINO SUPERIOR DE QUÍMICA


PALAVRAS-CHAVES:

argumentação, atividades experimentais, diagrama heurístico, ensino superior, química.


PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
RESUMO:

Atividades experimentais têm sido referidas em pesquisas em educação em ciências como importante recurso metodológico no tratamento de conceitos teóricos e no desenvolvimento de habilidades relevantes à formação dos alunos, especialmente se permitem aos discentes relacionarem conhecimentos teóricos e metodológicos. Nesse sentido, a Aprendizagem Baseada em Problemas–Problem Based Learning (PBL) tem sido proposta na literatura como um meio para o desenvolvimento de tais habilidades, pois criam oportunidades para os educandos conhecerem e praticarem a investigação científica e apreenderem conceitos científicos. Tais características são de particular interesse para o desenvolvimento do presente trabalho, uma vez que situações dessa natureza podem favorecer a ocorrência de argumentação em aula, por propiciarem espaços para a interação comunicativa e o confronto de diferentes saberes e perspectivas dos sujeitos envolvidos, possibilitando reflexão crítica. Assim, temos como objetivos desenvolver, aplicar e analisar atividades experimentais planejadas em conformidade com a PBL, com o intuito de promover a argumentação científica em ambientes de ensino de química no nível superior. Para tanto, utilizamos o diagrama heurístico proposto por Chamizo para a organização e registro das atividades experimentais, uma vez que podem auxiliar no desenvolvimento da compreensão conceitual e metodológica das atividades realizadas. Para avaliar a qualidade dos diagramas produzidos pelos estudantes, buscamos subsídios em tabela de pontuação proposta pelo mesmo autor. Na identificação e análise da estrutura dos argumentos produzidos utilizamos o modelo proposto por Toulmin e os níveis propostos por Erduran, Simon e Osborne para qualificar os argumentos. Os resultados evidenciaram as contribuições do diagrama, pois permitiu verificar aspectos concernentes à construção do conhecimento pelos alunos, bem como as dificuldades enfrentadas em sua elaboração, o que influenciou diretamente no desenvolvimento da argumentação científica. Na análise dos argumentos produzidos foram identificados dados fornecidos e empíricos, fundamentados com conhecimentos teóricos, sugerindo a interação entre os aspectos teóricos e metodológicos envolvidos nas atividades. As conclusões obtidas a partir da análise das percepções dos alunos indicaram que houve uma boa receptividade dos estudantes com relação à proposta de ensino. Os resultados nos permitem concluir que a proposta de atividades experimentais pautadas na PBL, aliadas ao uso do diagrama heurístico, revelou-se proveitosa para o ensino de química por meio da experimentação, bem como se mostrou potencialmente favorável à produção de argumentos pelos estudantes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1785918 - LUCIANA NOBRE DE ABREU FERREIRA
Interno - 756.483.183-91 - GERALDO EDUARDO DA LUZ JUNIOR - UESPI
Interno - 1714171 - JANILDO LOPES MAGALHAES
Externo ao Programa - 1806069 - JERINO QUEIROZ FERREIRA
Notícia cadastrada em: 30/05/2016 08:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 18/01/2020 12:14