Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ESPEDITO DE SOUSA SARAIVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ESPEDITO DE SOUSA SARAIVA
DATA: 05/12/2017
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório da Quimica
TÍTULO: Busca de compostos bioativos de micro-organismos da caatinga piauiense direcionados para biotransformações e atividades farmacológicas.
PALAVRAS-CHAVES: Caatinga, micro-organismos, biotransformação, oxidorredutases, atividades farmacológicas.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Química dos Produtos Naturais
RESUMO:

A enorme biodiversidade do Brasil explica o enorme potencial para a descoberta de medicamentos baseados em produtos naturais, por tanto os micro-organismos, por exemplo, estão relacionados à produção de diversidade de micromoléculas bioativas para fins de interesse farmacológico e como novos biocatalisadores promissores para a síntese de compostos quirais e produtos químicos com grande potencial biotecnológico. O presente trabalho teve como objetivo buscar estudar biotransformações enantiosseletivas e as atividades farmacológicas através dos metabólitos produzidos pelos micro-organismos (bactérias e fungos) isolados de amostras de solo da Caatinga piauiense. Os micro-organismos foram obtidos pelo processo de isolamento de amostras do solo coletadas nas cidades de Teresina e Campo Maior localizadas no estado do Piauí. A partir das amostras coletadas foram coletas 10 amostras em Teresina e 10 amostras na Fazendinha, interior de Campo Maior. Dessas amostras foi isolado um total de 64 colônias de micro-organismos, sendo 47 bactérias e 17 fungos. Testou-se a ação desses microrganismos sobre o substrato 4- Metilacetofenona. Os produtos foram analisados por Cromatografia Líquida de Alta eficiência para verificar a conversão do substrato em álcool. Realizamos também a avaliação do espectro de atividade enzimática dos micro-organismos em reações de redução enantiosseletiva, e para isso empregamos um derivado para substituído do (R,S)-1-(fenil)etanol.  Das 47 bactérias testadas na biorredução da 4-Metilacetofenona, 16 bactérias apresentaram oxidorredutases que catalisaram a redução da cetona à seu correspondente (R) ou (S)-1-(4-Metilfenil) etanol de moderada a elevadas concentrações (80 até >99%). Oito, dos 17 fungos testados na biorredução da 4-Metilacetofenona, apresentaram oxidorredutases que catalisaram a redução da cetona à seu correspondente álcool com moderada a elevada concentração do (R) ou (S) 1-(4-Metilfenil)etanol (91-97%). Com destaque ao fungo FZFG5, cuja excelente concentração do álcool foi 97%. Conclui-se que, em geral, os microrganismos testados e com atividade enzimática apresentaram boa capacidade de redução do substrato 4-Metilacetofenona em experimentos de biotransformação, constituindo-se fontes de compostos enantiomericamente puros.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551616 - CHISTIANE MENDES FEITOSA
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 1210376 - SAMYA DANIELLE LIMA DE FREITAS
Externo à Instituição - ALLANA KELLEN LIMA SANTOS PEREIRA - UFCA
Notícia cadastrada em: 09/12/2017 21:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 27/09/2020 21:06