Notícias

Banca de DEFESA: TALLES ANDRÉ FEITOSA DE CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TALLES ANDRÉ FEITOSA DE CARVALHO
DATA: 16/02/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Química
TÍTULO: Investigação das propriedades ópticas e estruturais da lindgrenita obtida pelos métodos de coprecipitação convencional e coprecipitação assistida pelo tratamento ultrassônico
PALAVRAS-CHAVES: lindgrenita, sonoquímica, fotoluminescência
PÁGINAS: 68
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
ESPECIALIDADE: Foto-Química Inorgânica
RESUMO:

Minerais que contêm ânions molibdato em sua estrutura apresentam valor comercial devido à sua utilização como catalisadores e muitos deles apresentam uma estrutura em camadas, fato que lhes confere uma alta atividade superficial. Dentre estes, encontra-se a lindgrenita, um mineral de fórmula Cu3(MoO4)2(OH)2, originalmente encontrado em Chuquicamata, no Chile. Neste trabalho, a lindgrenita foi obtida por meio do método de coprecipitação e coprecipitação assistida por tratamento sonoquímico, utilizando um banho ultrassônico da marca Quimis, modelo Q335D com capacidade de 2,8 L e frequência de 40 kHz.  Foram utilizadas soluções de 50 mL contendo 4 mmol de Na2MoO4.2H2O e de Cu(NO3)2.3H2O com valores de pH iguais a 8 e 4, respectivamente, como precursores na síntese da lindgrenita. Os tempos de irradiação ultrassônica de 10, 20 e 30 minutos foram aplicados no início do processo de precipitação. Os difratogramas obtidos para todas as amostras estão de acordo com as informações cristalográficas contidos no cartão ICSD (Inorganic Cristal Structure Database) n°. 30946 e os resultados obtidos a partir do refinamento Rietveld encontram-se dentro dos considerados de qualidade e confiáveis. Os espectros Raman e de infravermelho estão de acordo com os dados disponíveis na literatura. Os valores calculados para a Egap estão na faixa de 2,3 a 2,5 eV. No mecanismo proposto para a formação das mesoestruturas sugere-se que as unidades básicas formadoras sejam nanopartículas que sofrem coalescência, dando origem a nano e microplacas, que por sua vez se agregam em um centro comum, formando mesoestruturas de tamanhos variados. Com o tempo de 10 minutos de sonicação houve a formação de mesoestruturas com formato de ouriço-do-mar com aspecto deformado e combinando dois lobos. A análise termogravimétrica mostrou que a lindgrenita é termicamente estável até cerca de 270 °C. Todos os espectros de FL obtidos, a exceção do composto obtido com o tempo de 10 minutos de irradiação ultrassônica, apresentam formas similares e exibem uma banda centrada em aproximadamente 450 nm. A banda de emissão intensa na região do amarelo observada a partir do tempo de 10 minutos de irradiação ultrassônica aparece de maneira mais discreta para o Cu3(MoO4)2(OH)2 obtido nos outros tempos de irradiação ultrassônica. Os resultados indicaram que a metodologia de síntese empregada mostrou-se adequada para a obtenção da lindgrenita, um composto com uma ampla gama de aplicações potenciais

A Deus por ter me concedido a oportunidade de cursar a pós-graduação.A toda a minha família, em especial ao meu pai Antonio, minha mãe Marlene e meu irmão Tarcio, por sempre ter me apoiado e ajudado sempre que necessário.A Cássia Karolyne Gomes de Sousa, minha companheira, por sempre estar ao meu lado me incentivando.

 

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 1714171 - JANILDO LOPES MAGALHAES
Interno - 2406262 - ROBERTO ALVES DE SOUSA LUZ
Externo à Instituição - EVERSON THIAGO SANTOS GERÔNCIO DA SILVA - IFPI
Notícia cadastrada em: 16/03/2018 09:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 25/01/2020 10:28