Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSELIA BORGES DE MOURA FURTADO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSELIA BORGES DE MOURA FURTADO
DATA: 14/11/2019
HORA: 08:30
LOCAL: AUDITÓRIO DA PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA
TÍTULO: MELHORAMENTO DO POTENCIAL FOTODEGRADATIVO DE COMPÓSITO POLIMÉRICO CONTENDO FIBRA DE BABAÇU
PALAVRAS-CHAVES: Compósitos, Mercerização, Degradação Natural e Artificial.
PÁGINAS: 22
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Polímeros e Colóides
RESUMO:

As fibras vegetais são amplamente utilizadas como reforço na produção de compósitos poliméricos. O objetivo deste trabalho é caracterizar e avaliar o potencial fotodegradativo de compósitos poliméricos contendo fibra do caule de babaçu. As fibras foram extraídas manualmente e imersas em solução de NaOH a 10% para tratamento químico superficial. Após a secagem, foram triturados para produzir os compósitos e incorporados à matriz de polietileno de baixa densidade nas proporções de 5%, 10% e 20% da massa total do compósito. Os compósitos foram submetidos à análise por Microscopia Eletrônica de Varredura (mostrou incorporação de fibras na matriz polimérica), Espectroscopia no Infravermelho (presença de fibra foi observada com picos de 3200-3600 cm-1, 1596 cm-1, 1596 cm-1, 1510 cm-1 e 1058 - 1036 cm-1), Ensaios Mecânicos (com 20% de fibra ocorreu a diminuição de 44% na tensão, 48% na tensão e 12% no módulo de Young) e Análise Termogravimétrica (em 220-337 ° C ocorre a degradação inicial da fibra e em 333-550 ° C, a degradação da matriz). Uma vez caracterizados, os compósitos foram submetidos a processos de degradação por radiação solar (condição natural) e sob condições artificiais (UV-B). As amostras de sacolas plásticas oxibiodegradáveis também foram degradadas nas mesmas condições de degradação dos compósitos poliméricos. Esses resultados mostram que os materiais utilizados na pesquisa, além de apresentar um excelente grau de compatibilização, também revelam uma melhora no potencial fotodegradativo dos compósitos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423287 - JOSE RIBEIRO DOS SANTOS JUNIOR
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 1210376 - SAMYA DANIELLE LIMA DE FREITAS
Externo ao Programa - 1731422 - JOAO SAMMY NERY DE SOUZA
Externo ao Programa - 838.271.293-20 - SUELY MOURA MELO - UFPI
Notícia cadastrada em: 29/10/2019 11:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 28/01/2020 22:14