Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOAO PEDRO ALVES DE AQUINO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOAO PEDRO ALVES DE AQUINO
DATA: 11/02/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Núcleo de Pós-Graduação em Ciências Agrárias
TÍTULO:

 

 

Morfofisiologia de linhagens promissoras de feijão-caupi submetidas ao estresse salino


PALAVRAS-CHAVES:

 

 

Vigna unguiculata; salinidade; morfologia; fisiologia.


PÁGINAS: 81
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

O feijão-caupi é uma leguminosa de grande importância socioeconômica, muito cultivada nas regiões mais pobres do mundo por apresenta tolerância à seca e ao calor. Na região Nordeste do Brasil sua produtividade é baixa, por conta de diversos fatores, inclusive a seca presente de forma intensa no semiárido, que abrange mais da metade da região, caracterizado por pequeno volume pluviométrico e mal distribuído, com elevadas temperaturas e evaporação. Além disso, as águas de boa qualidade são escassas, com isso são utilizadas águas de baixa qualidade na agricultura, muitas vezes com teores elevados de sais tóxicos as plantas, o uso contínuo pode causar a salinização do solo. O presente trabalho teve o objetivo de avaliar a morfofisiologia de linhagens promissoras de feijão-caupi submetidas ao uso de irrigação com água salinizada, bem como, seus efeitos na concentração de sais no solo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 5x3 com nove repetições, totalizando 135 parcelas. Sendo dois experimentos, com cinco níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (CEai), a testemunha absoluta (D0) foi à água de abastecimento da UFPI/CCA os demais foram no primeiro experimento 1,25; 2,50; 3,75; e 5,0 dS m-1 e no segundo 1,60; 3,20; 4,80; e 6,40 dS m-1, combinados com três linhagens promissoras MNC05-828C-3-15, MNC04-795F-168 e MNC04-795F-159, oriundas do programa de melhoramento genético de feijão-caupi da Embrapa Meio-Norte. As variáveis analisadas foram: características de crescimento (diâmetro do caule, número de folhas, número de nós no ramo principal e altura de planta); biomassa fresca e seca da planta; Área foliar; Número de nódulos nas raízes (NN); Taxa de crescimento absoluto e relativo; pH do extrato do solo; sofreram redução com o aumento da CEai. Já para o índice relativo de clorofila aos 25 DAS; a relação parte aérea raiz -1 e relação folha raiz -1; os parâmetros do solo (condutividade elétrica, teor de sódio, porcentagem de sódio trocável, Razão de absorção de sódio do extrato do solo) com o aumento na CEai houve um incremento nessas variáveis. Com destaque para a umidade percentual que sofreu variação ≤ 4% com esse acréscimo de CEai, e para a linhagem MNC05-828C-3-15 que obteve a menor redução de NN e o maior acréscimo nas relações, e teve o maior ganho em biomassa seca e em a área foliar.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2305613 - ANTONIO AECIO DE CARVALHO BEZERRA
Interno - 1969948 - CARLOS JOSE GONCALVES DE SOUZA LIMA
Externo à Instituição - SIMONE RAQUEL MENDES DE OLIVEIRA - UFPI
Notícia cadastrada em: 05/02/2016 16:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 13/06/2021 08:05