Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: WELDER JOSE DOS SANTOS SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WELDER JOSE DOS SANTOS SILVA
DATA: 08/03/2017
HORA: 08:30
LOCAL: AUDITÓRIO DO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS
TÍTULO: ADAPTABILIDADE E ESTABILIDADE DE CULTIVARES DE SOJA EM DIFERENTES AMBIENTES DOS ESTADOS DO MARANHÃO E PIAUÍ
PALAVRAS-CHAVES: Glycine max, GGE biplot, Produtividade.
PÁGINAS: 46
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A expansão das áreas de cultivo da soja através do desenvolvimento de novas cultivares adaptadas às regiões de baixas latitudes permitiu a consolidação da cultura na última fronteira agrícola do país, formada pelo bioma Cerrado dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Este trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento, a adaptabilidade e estabilidade, pelo método GGE biplot, de cultivares de soja em diferentes ambientes dos estados do Maranhão e Piauí. Os ensaios foram conduzidos nos estados do Piauí (Uruçuí) e Maranhão (Balsas, Chapadinha, São Raimundo das Mangabeiras e Tasso Fragoso), nas safras 2013/14 e 2014/15 respectivamente.  Foram avaliadas a produtividade de 11 cultivares de soja RR nos sete ambientes através do delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições.  Realizou-se analises de variância individual para cada ambiente e, posteriormente, a análise conjunta apropriada. Para o método GGE biplot, obteve-se dois componentes principais (PC1 e PC2), através da decomposição dos valores singulares dos efeitos de genótipos G + interação (Genótipo x Ambiente). Uruçuí (safra 13/14), São Raimundo das Mangabeiras (safra 13/14) e Tasso Fragoso (safra 14/15) apresentaram correlação positiva, no entanto Chapadinha (safra 13/14) e Balsas (safra 13/14) apresentam apenas correlação positiva entre si. As cultivares M8766RR, M8867RR, BRS271RR, ST820RR e M9144RR influenciam na formação de mega-ambientes. São Raimundo das Mangabeiras (safra 14/15) foi o ambiente que obteve maior capacidade discriminatória das cultivares de soja. As cultivares BRS333RR e M9144RR, seguidas pelas M8766RR, BRS Sambaíba RR e M9056RR demostraram boa adaptabilidade e estabilidade. As cultivares de soja menos estáveis foram BRS271RR, BRS219RR e M8867RR. Os ambientes Uruçuí (safra 13/14), Tasso Fragoso (safra13/14), Balsas (safra 13/14), Chapadinha e São Raimundo das Mangabeiras (safra 13/14) formaram um único mega-ambiente.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1342714 - ANGELA CELIS DE ALMEIDA LOPES
Interno - 2305613 - ANTONIO AECIO DE CARVALHO BEZERRA
Presidente - 1553560 - FRANCISCO DE ALCANTARA NETO
Externo ao Programa - 018.422.033-55 - LEONARDO CASTELO BRANCO CARVALHO - UFPI
Externo à Instituição - PAULO FERNANDO DE MELO JORGE VIEIRA - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 04/02/2017 16:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 22/06/2021 08:24