Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JAYARA DAYANY DA COSTA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAYARA DAYANY DA COSTA SILVA
DATA: 07/12/2018
HORA: 08:00
LOCAL: NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS-CCA/UFPI
TÍTULO: MANEJO ECOLOGICO DA CIGARRINHA DAS RAÍZES Mahanarva spectabilis (Distant, 1909) (HEMIPTERA: CERCOPIDAE) EM CANA-DE-AÇÚCAR
PALAVRAS-CHAVES: Fungos entomopatogênicos, cigarrinhas da cana-de-açúcar, Metarhizium sp.
PÁGINAS: 86
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A cana-de-açúcar é umas das culturas mais importantes para o Brasil, é uma das responsáveis por mover o agronegócio brasileiro, representando 16% de toda a produção agrícola nacional, gerando milhares de empregos diretos e indiretos. Cigarrinhas do gênero Mahanarva, são responsáveis por causar reduções em grande escala na produtividade e qualidade da cana-de-açúcar.  Este trabalho foi realizado com objetivo de avaliar aspectos bioecológicos de Mahanarva sp., conhecer a diversidade genética de isolados de M. anisopliae oriundos do nordeste do Brasil, realizar sua caracterização morfológica, bem como sua patogenicidade a cigarrinha Mahanarva sp.. Inicialmente, foram realizadas coletas de adultos de cigarrinhas em cultivos comerciais de cana-de-açúcar de diversos estados do Nordeste e procedeu-se sua identificação. Foram realizadas amostragens de ninfas e adultos de cigarrinhas em plantio comercial de cana-de-açúcar em União – PI (Comvap) por um período de 12 meses, além de avaliar a duração da diapausa e o desenvolvimento de ovos mantidos em câmara incubadora B.O.D.. Paralelamente, foram obtidos oito isolados fungo entomopatogênico Metarhizium anisopliae, sendo dois isolados encontrados parasitando insetos (um isolado parasitando cigarrinhas em Rio Largo – AL e o segundo parasitando moscas das frutas em Teresina-PI), os restantes dos isolados foram cedidos, um cedido pela empresa Controle Biológico Fitoagro (São Miguel dos Campos - AL), um isolado do município de São Raimundo das Mangabeiras - MA, fornecido pela fazenda Agrosserra, um isolado do município de Camutanga-PE, fornecido pelo grupo Olho d’água, dois isolados comerciais  do Laboratório de Controle Biológico, Centro Experimental do Instituto biológico de São Paulo (IBCB) e um isolado adquirido adquirido  junto a coleção de culturas Micoteca URM - UFPE.  Extraiu-se o DNA dos isolados e amplificou-se e sequenciou-se as regiões TEF-1α e β-tubulina. Para caracterização morfológica, os isolados foram crescidos em placas de petri contendo BDA e foram incubadas em BOD 25±1ºC, 70-80% umidade relativa e fotofase de 12 horas luz. Para patogenicidade, inoculou-se uma suspensão de conídios com concentração padronizada de 1,0 x 109 conídios/mL de Metarhizium sp. em ninfas de Mahanarva sp. para avaliação da patogenicidade. É relatada a primeira ocorrência de Mahanarva spectabilis em canaviais no Piauí. O desenvolvimento embrionário de M. spectabilis apresenta quatro fases distintas, e seus ovos entram em diapausa na segunda fase de desenvolvimento. O sequenciamento das regiões do fator de elongação EF-1 α e β-tubulina permitiram identificação de uma nova espécie dentro do complexo Metarhizium, sendo que esta espécie, apresenta potencial para controle biológico da cigarrinha M. spectabilis.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1553560 - FRANCISCO DE ALCANTARA NETO
Interno - 2058623 - JOSE EVANDO AGUIAR BESERRA JUNIOR
Presidente - 1167867 - PAULO ROBERTO RAMALHO SILVA
Interno - 043.286.014-23 - SOLANGE MARIA DE FRANCA - UFPI
Notícia cadastrada em: 08/11/2018 17:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 22/06/2021 08:02