Notícias

Banca de DEFESA: ANA MARIA ALVES DE MOURA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA MARIA ALVES DE MOURA
DATA: 18/02/2019
HORA: 14:30
LOCAL: AUDITÓRIO DO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS-CCA/UFPI
TÍTULO: Parâmetros produtivos e pós-colheita de frutos do meloeiro submetido à depleções de água e coberturas do solo
PALAVRAS-CHAVES: Cucumis melo L., turno de rega, qualidade dos frutos
PÁGINAS: 101
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A escassez de água será progressivamente agravada pelas alterações climáticas,
pelo aumento da população e pelas atividades urbanas e industriais. Com isso,
o desafio para a agricultura sustentável sob esta crescente escassez hídrica levou
à noção de irrigação que economiza água. Com o objetivo de avaliar o potencial
produtivo, a qualidade e a conservação pós-colheita de frutos do híbrido SF
10/00 de melão amarelo, em função de depleções de água no solo e a disposição
de coberturas sobre a superfície do solo, foram realizados dois experimentos; no
período de agosto a outubro de 2017 e maio a julho de 2018, em área
experimental na Universidade Federal do Piauí. O delineamento utilizado foi em
blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 2, com quatro repetições, sendo os
tratamentos formados pela combinação de quatro faixas de depleções de água no
solo (D1 = 0,2-0,3; D2 = 0,3-0,4; D3 = 0,4-0,5 e D4 = 0,5-0,6) e duas coberturas
do solo (filme de polietileno branco e palha de carnaúba). Foram avaliados o
diâmetro longitudinal e transversal dos frutos, diâmetro longitudinal e
transversal do lóculo, espessura da polpa e da casca, índice de formato do fruto,
sólidos solúveis totais, acidez titulável, pH, relação SST/AT, classificação dos
frutos, potencial produtivo total e perda de massa dos frutos durante o
armazenamento. Verificou-se efeito significativo das depleções de água no solo
para as variáveis diâmetro transversal, espessura da polpa, classificação de fruto
e potencial produtivo total no primeiro ano (2017); bem como para acidez
titulável, sólidos solúveis e relação SST/AT no segundo ano (2018). Para as
características avaliadas pode-se inferir que, o manejo da irrigação com base em
depleções de água no solo com o uso de cobertura, exerce reduções de
rendimento sem perda de qualidade dos frutos. Em relação a conservação pós-colheita, todas as variáveis foram influenciadas pelos tratamentos nos dois anos
de estudo. Verificou-se que a qualidade pós-colheita do híbrido SF10/00 se
manteve até os 20 dias de armazenamento sob condições ambiente, em virtude
dessas características não terem provocado uma perda na qualidade dos frutos
a nível de comercialização. Sendo que, a irrigação a cada dois dias associada a
cobertura do solo com o filme de polietileno branco, pode ser indicada para a
cultura do meloeiro para as condições edafoclimáticas estudadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1969948 - CARLOS JOSE GONCALVES DE SOUZA LIMA
Interno - 1979669 - EVERALDO MOREIRA DA SILVA
Interno - 1553560 - FRANCISCO DE ALCANTARA NETO
Externo ao Programa - 1789439 - GABRIELA ALMEIDA DE PAULA
Notícia cadastrada em: 05/02/2019 10:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 22/06/2021 07:50