Notícias

Banca de DEFESA: ANE CAROLINE MELO FERREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANE CAROLINE MELO FERREIRA
DATA: 23/04/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Modo Remoto. Link a ser definido.
TÍTULO: ABSORÇÃO, PARTICIONAMENTO DE NUTRIENTES E CRESCIMENTO DO MILHO POR ESTÁDIO FENOLÓGICO
PALAVRAS-CHAVES: Zea mays; Extração; Exportação; Graus-dia
PÁGINAS: 53
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Para a melhor compreensão da nutrição do milho são necessários estudos de marcha de absorção, em função dos estádios fenológicos da cultura e do acúmulo de graus-dia, visto que o milho é uma planta que sofre influência da temperatura na duração do seu ciclo, com possíveis alterações nos padrões de absorção de nutrientes. Assim, objetivou-se com este estudo avaliar o crescimento, o desenvolvimento, a absorção e o particionamento de nutrientes na cultura do milho, em função da soma térmica e estádio fenológico, nas condições edafoclimáticas da cidade de Brejo, MA. O experimento foi conduzido em Argissolo Amarelo, sob delineamento de blocos ao acaso com sete tratamentos, correspondendo às épocas de coleta V5, V8, VT, R1, R3, R5 e R6, equivalentes ao somatório de graus-dia 348, 591, 840, 1.085, 1.334, 1.845 e 2.097, respectivamente, com quatro repetições. Em cada tempo fez-se análises biométricas, particionamento da planta em folhas, colmo, órgãos reprodutivos (pendão, palha, sabugo) e grãos, para a determinação dos teores de N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn. Com os resultados de matéria seca e teores dos nutrientes, calculou-se o acúmulo de nutrientes em cada órgão nos diferentes estádios fenológicos. Observou-se lento acúmulo de matéria seca na planta de milho até VT, padrão observado, também, para os nutrientes P, Mg, S e Cu. Em contrapartida, N, K, Ca, B, Fe, Mn, e Zn apresentaram valores próximos ou superiores a 50% do máximo acumulado até VT. A ordem decrescente de acúmulo de macro e micronutrientes foi: N>K>P>Ca>S>Mg e Fe>Zn>Mn>Cu>B respectivamente. Os nutrientes com maiores índices de colheita, em ordem decrescente são: P>N>S>Zn (0,84; 0,74; 0,65 e 0,51 respectivamente). As quantidades totais de nutrientes necessárias para produzir uma tonelada de grãos de milho são: N: 14,78; P: 3,79; K: 6,48; Ca: 0,32; Mg: 0,16; S: 0,27; kg t-1; e B: 0,33; Cu: 4,4; Fe: 23,95; Mn: 2,31; e Zn: 20,44 g t-1.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 304.804.028-50 - HENRIQUE ANTUNES DE SOUZA - EMBRAPA
Interno - 2241316 - GABRIEL BARBOSA DA SILVA JÚNIOR
Externo à Instituição - WILLIAM NATALE - UFC
Externo à Instituição - EDVALDO SAGRILO - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 15/04/2021 11:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 13/06/2021 08:20