Notícias

Banca de DEFESA: IONARA HOLANDA DE MOURA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IONARA HOLANDA DE MOURA
DATA: 19/09/2016
HORA: 17:00
LOCAL: Sala de reuniões do Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, Universidade Federal do Piauí, situada
TÍTULO:

 

 

Construção e validação de material educativo para prevenção de síndrome metabólica em adolescentes


PALAVRAS-CHAVES:

 

 

Síndrome X Metabólica. Educação em Saúde. Tecnologia Educacional. Adolescente.


PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

No âmbito da prevenção primária, associado ao emprego da educação em saúde, é cada vez mais frequente o uso de materiais impressos educativos, uma vez que a aplicação concomitante da orientação verbal com a escrita torna o método mais efetivo, o que facilita a compreensão por parte dos sujeitos e promove uma melhora na sua adaptação ao contexto social/cultural no qual estão inseridos. A partir de tais aspectos, este trabalho propõe a criação e validação de uma tecnologia educativa para a prevenção da síndrome metabólica voltada para adolescentes. Trata-se de uma pesquisa metodológica, com enfoque no desenvolvimento, avaliação e aperfeiçoamento de um instrumento, realizada no período de março de 2015 a setembro de 2016. Na primeira fase do estudo, através de revisão integrativa da literatura, foram analisadas as principais publicações disponíveis sobre prevenção da síndrome metabólica em adolescentes. Em seguida, utilizou-se a síntese de conhecimento adquirida anteriormente para construção do conhecimento teórico a ser abordado e, contando com o auxílio de um designer gráfico, foi elaborada a arte e diagramação das páginas. Na terceira fase, validação do material construído, 21 especialistas avaliaram conteúdo, linguagem e aparência da tecnologia, sendo: 8 juízes de conteúdo (pesquisadores e docentes), 6 juízes técnicos (profissionais da saúde com atuação prática) e 7 juízes da área de design. Além destes, 39 adolescentes também foram consultados, avaliando a cartilha quanto a estilo de escrita, aparência e apresentação. Na coleta de dados foram utilizados três questionários distintos, de acordo com o foco de avaliação de cada grupo de participantes. Após o levantamento de todas as sugestões feitas pelos especialistas e pelos adolescentes, foi feita a adequação da cartilha em sua versão final. O projeto de pesquisa foi enviado ao Comitê de Ética em Pesquisa da UFPI, através da Plataforma Brasil, obtendo parecer aprovado sob CAAE nº 48277015.6.0000.5214. Foram obedecidos os preceitos éticos dispostos na Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. Na análise estatística, ratificando a validação da tecnologia educativa, a média dos escores dados pelos juízes de conteúdo e técnicos foi de 91,7%, com confiabilidade da escala (alpha de cronbach = 0,830) e concordância das respostas (Coeficiente de Correlação Intraclasse = 0,810) altas. O Índice de Validade de Conteúdo (IVC) global, mensurado com base nas respostas dos juízes da área de design, foi igual a 0,98, também com confiabilidade da escala (alpha de cronbach = 0,917) e a concordância das respostas (Coeficiente de Correlação Intraclasse = 0,917) altas. Além do mais, o nível de concordância das respostas positivas dadas pelos adolescentes foi de 88,4%. Sendo assim, a cartilha educativa intitulada “Síndrome Metabólica: como me prevenir?” mostrou-se como um instrumento válido e confiável para ser utilizada na promoção da saúde dos adolescentes.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1552848 - ANA ROBERTA VILAROUCA DA SILVA
Interno - 2730060 - LUISA HELENA DE OLIVEIRA LIMA
Externo à Instituição - Thereza Maria Magalhães Moreira - UECE
Notícia cadastrada em: 09/09/2016 15:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 23/06/2024 18:53