Notícias

Banca de DEFESA: ADRIANA RODRIGUES ALVES DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANA RODRIGUES ALVES DE SOUSA
DATA: 26/06/2020
HORA: 16:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: Avaliação do risco de lesões por posicionamento cirúrgico em hospital de ensino
PALAVRAS-CHAVES: Posicionamento do paciente; Complicações intraoperatórias; Avaliação de risco; Enfermagem perioperatória.
PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

INTRODUÇÃO: O posicionamento cirúrgico é um relevante critério para a segurança do paciente no perioperatório, quando não realizado de forma correta é responsável por vários danos, que podem variar de lesões de pele à lesões nervosas, contribuindo para o aumento da morbimortalidade dos pacientes cirúrgicos. Os pacientes cirúrgicos sobre o efeito da anestesia, associado ao longo tempo sobre mesa cirúrgica encontram-se numa condição de fragilidade e risco aumentado para o desenvolvimento de lesões por posicionamento cirúrgico. OBJETIVO: Analisar o risco para ocorrência de lesões decorrentes do posicionamento cirúrgico em pacientes submetidos a cirurgias eletivas em hospital universitário; Caracterizar o perfil cirúrgico dos pacientes, segundo as variáveis sociodemográficas, clínicas e relacionadas ao procedimento anestésico cirúrgico;Identificar os pacientes conforme o escoreda escala de Avaliação de Risco para o Desenvolvimento de Lesões decorrentes do Posicionamento Cirúrgico do Paciente (ELPO) para o risco da ocorrência de lesões perioperatórias por posicionamento;Investigar a relação entre os escores de ELPO, as variáveis sociodemográficas, clínicas e anestésico-cirúrgicas;Avaliar as tecnologias utilizadas para prevenir a ocorrência de lesões por posicionamento cirúrgico.MÉTODO: Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa, descritivo, observacional e transversal. Realizada junto a 100 pacientes submetidos a cirurgias eletivas de média e alta complexidade, no hospital universitário da UFPI, no município de Teresina-PI, conforme parecer de aprovação do CEP nº2.256.571 no período de julho de 2019 a maio de 2020. RESULTADOS: Foi aplicada a escala da Escala de avaliação de Risco para o Desenvolvimento de Lesões Decorrentes do Posicionamento Cirúrgico (ELPO) em 100 pacientes cirúrgicos. Os pacientes tinham em média 50 anos de idade, maioria declara ser da cor branca (53,00%), apresentavam pelo menos uma comorbidade (67,00%), as mais frequentes foram hipertensão arterial sistêmica (71,64%) e diabetes mellitus (26,87%), a especialidade cirúrgica mais comum foi a cirurgia geral (34%), prevaleceu nos pacientes o escore ASA II (47%), a anestesia geral (74%), o posicionamento cirúrgico com maior ocorrência foi decúbito dorsal (75,00%), com uso de superfície de suporte (100,00%), rígida (43,00%), sem o uso de coxim (58,00%). Segundo a classificação dos pacientes de acordo com a ELPO, a média geral de risco foi 17,03, classificado como baixo risco para lesões. DISCUSSÃO:Causas diversas favoreceram o aumento dos riscos de lesão por posicionamento cirúrgico dos pacientes neste hospital, dentre elas, a falta de equipamentos adequados para que o posicionamento ocorra da forma correta, a prática incorreta do posicionamento cirúrgico e o pouco envolvimento do enfermeiro nessa prática, conferindo mais risco para esses pacientes, ou seja, antes de classificá-los de acordo com a ELPO, o ideal seria uma solução dos entraves institucionais para que a pontuação da ELPO fosse próxima do real, caso contrário, essa classificação pode não representar a realidade da instituição. CONCLUSÃO: Existem mais fatores, além dos pontuados pela escala ELPO, que interferem diretamente no risco de lesão por posicionamento cirúrgico para uma classificação mais real, considerando a realidade das instituições de saúde do país, que na maioria das vezes, as causas econômicas acabam somando mais riscos a esses pacientes, o que impacta significativamente na classificação do risco dos mesmos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551620 - MARIA ZELIA DE ARAUJO MADEIRA
Interno - 3342770 - MARCOS ANTONIO PEREIRA DOS SANTOS
Externo ao Programa - 1350197 - FERNANDA VALERIA SILVA DANTAS AVELINO
Externo à Instituição - EURIPEDES SOARES FILHO - UFPI
Notícia cadastrada em: 23/06/2020 15:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 23/06/2024 17:51