Notícias

Banca de DEFESA: SANDRA VALÉRIA NUNES BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SANDRA VALÉRIA NUNES BARBOSA
DATA: 19/12/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Teleconferência Hospital Universitário HU- UFPI
TÍTULO: AVALIAÇÃO DE RISCOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE LESÕES DECORRENTES DO POSICIONAMENTO CIRÚRGICO EM PACIENTES SUBMETIDOS A CIRURGIAS ORTOPÉDICAS”
PALAVRAS-CHAVES: Posicionamento do paciente; Procedimento ortopédico; Enfermagem perioperatória.
PÁGINAS: 56
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

                                                                    RESUMO

INTRODUÇÃO: O posicionamento cirúrgico do paciente, refere-se a uma das ações de enfermagem realizadas no período intraoperatório, importante para o bom desenvolvimento do ato operatório, pois promove uma exposição do sítio a ser operado atrelado a utilização de superfícies de suporte adequadas. O posicionamento associado ao tempo cirúrgico prolongado em procedimentos pode ocasionar pontos de pressão óssea com a mesa cirúrgica e acarretar danos temporários ou até mesmo permanentes ao paciente OBJETIVOS: geral: avaliar o risco para o desenvolvimento de lesões relacionadas ao posicionamento cirúrgico em procedimentos ortopédicos, por meio da escala ELPO. Específicos: Caracterizar os pacientes submetidos a cirurgias ortopédicas quanto aos aspectos sociodemográficos, cirúrgicos e comorbidades; Identificar o risco para o desenvolvimento de lesões relacionadas ao posicionamento cirúrgico nos pacientes submetidos a cirurgias ortopédicas, de acordo com a ELPO; Associar o risco com as variáveis sociodemográfico e comorbidade (clínicas); Verificar as intervenções de enfermagem para o diagnóstico de enfermagem: risco para lesão perioperatória por posicionamento, identificado no período transoperatório; e Identificar lesões por pressão relacionada ao posicionamento cirúrgico. MÉTODO: estudo de abordagem quantitativa transversal. A pesquisa foi realizada nos centros cirúrgicos de dois grandes hospitais de alta e média complexidade, público e de ensino, federal e estadual, localizados no município de Teresina (PI). Os participantes da pesquisa foram pacientes que realizaram procedimentos cirúrgicos eletivos. A amostra de pacientes foi constituída por 25 no Hospital federal e 220 no estadual, totalizando 245 pacientes. Os dados foram coletados pela pesquisadora, no período de março a junho de 2023, mediante aplicação de formulário específico, em três fases perioperatórias: Período Pré-operatório, Período Intraoperatório e Período Pós-operatório, esta última etapa, podendo se estender até 72 horas, todas, no intuito de atender aos objetivos do estudo e foram realizadas após aprovação pelo CEP do HU-UFPI com o número de parecer 5.865.023 e 5.913.361. RESULTADOS: Ao final foram avaliados 147 pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos eletivos ortopédicos nos dois hospitais. Quanto aos pacientes, à maioria foi do sexo masculino 76 (51,7 %), com faixa etária de 20-59 anos 82 (55,8 %), a idade média foi 54 anos. Quanto à comorbidades, 103 (70,06%) possuíam algum tipo de comorbidades, a hipertensão arterial sistêmica representa um total de 56 pacientes (38,7%), outras 24(16,3%) e diabetes mellitus 23 (15,6%). Dentre os fatores associados da escala de avaliação de risco ELPO em relação às variáveis: o sexo feminino tem mais chance (OR: 3, 394) de desenvolver risco alto do que homens. CONCLUSÃO: A maioria dos pacientes submetidos à cirurgia ortopédica eletiva apresentou risco baixo para desenvolver lesão decorrente do posicionamento cirúrgico, mas aqueles que apresentaram risco alto (menor percentual) desenvolveram lesão perioperatória no pós-operatório. Assim, o Enfermeiro da área de perioperatório é responsável por planejar e implementar o cuidado de pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos, assim infere que as intervenções para a prevenção de lesão por pressão decorrente do posicionamento cirúrgico podem ser estabelecidas por meio de protocolos de cuidados de enfermagem direcionados para o adequado e seguro posicionamento do paciente cirúrgico. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551620 - MARIA ZELIA DE ARAUJO MADEIRA
Interno - 3373256 - PEDRO VITOR LOPES COSTA
Externo ao Programa - 2279875 - ODINÉA MARIA AMORIM BATISTA
Externo à Instituição - SANDRA MARINA GONÇALVES BEZERRA - UESPI
Notícia cadastrada em: 14/12/2023 16:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 25/06/2024 19:24