Notícias

Banca de DEFESA: PAULO JOSÉ RODRIGUES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PAULO JOSÉ RODRIGUES DA SILVA
DATA: 31/08/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Sala virtual: https://meet.google.com/ovr-evph-acv
TÍTULO: INTEGRANDO O ENSINO DE FÍSICA E A HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS NA CONSTRUÇÃO DE MÁQUINAS SIMPLES ATRAVÉS DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA
PALAVRAS-CHAVES: Aprendizagem Significativa. metodologias ativas. Experimentos.
PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Física
RESUMO:

No novo ensino médio, o que muda no ensino de Física? A Física enquanto um corpo de conhecimento estruturado permanece sendo a mesma, com suas leis e princípios reconhecidos e estabelecidos, ainda que continuamente incorporando novos conhecimentos e estabelecendo novas descobertas. Mudando as seleções de conteúdos, as escolhas de temas, as ênfases, as formas de trabalhar ou os objetivos formativos propostos para a Física a ser trabalhada no Ensino Médio, a essência do ensino de Física permanece? Teríamos mais uma dificuldade associada ao já complicado ensino de Física? Diante desta nova conjuntura, este trabalho aborda a busca de evidências de aprendizagem significativa através da aplicação de uma sequência didática com enfoque no estudo das máquinas simples (Alavancas, Roldanas e planos inclinados), associando ao contexto histórico que deram origem a elas. A metodologia foi aplicada em uma turma do primeiro ano do ensino médio, em uma escola estadual situada no município de Caxias (Maranhão). A sequência didática e sua aplicação abrem possibilidades de integrar teoria e prática, com foco em uma aprendizagem significativa, conforme proposto por Ausubel, despertando nos alunos o interesse pela Física. A sequência didática conta com a parte teórica, intercalada de várias práticas experimentais ao longo do processo, aliada com metodologias ativas. A sequência, foi pensada de tal forma a interagir com a estrutura cognitiva dos alunos  bem como gerar a predisposição nos discentes, requisitos para a aprendizagem significativa. A fim de contornar a deficiência estrutural das escolas em termos de laboratório, foram propostos experimentos com materiais alternativos ou de baixo custo, permitindo que os alunos participem também da construção das práticas. Os instrumentos de coleta de dados e verificação da aprendizagem ocorreram através de questionário aplicado depois da proposta didática que foi dividido em vários momentos, da observação do professor ao comportamento investigativo dos alunos e de registros de atividades em sala de aula. As análises qualitativas dos resultados mostram uma evolução conceitual para todos os assuntos abordados, evidenciando o resultado positivo desta metodologia.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1689597 - ANDRE ALVES LINO
Interno - 1222880 - CLAUDIA ADRIANA DE SOUSA MELO
Presidente - 1580009 - ILDEMIR FERREIRA DOS SANTOS
Interno - 685.302.853-87 - JANETE BATISTA DE BRITO - UESPI
Externo ao Programa - 1689767 - MAURISAN ALVES LINO
Notícia cadastrada em: 12/08/2022 16:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 20/04/2024 23:56