Últimas Notícias
Banca de DEFESA: PAULO RENATO DE SOUZA
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PAULO RENATO DE SOUZA
DATA: 24/03/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Espaço Integrado I – CCHL – Sala 369
TÍTULO: Processos de Acompanhamento de Egressos dos Cursos Superiores no Instituto federal do Piauí.
PALAVRAS-CHAVES: IFPI – Expansão – Interiorização – Egressos – APL’s
PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O Instituto Federal do Piauí (IFPI) integra a Rede Federal de Educação Técnica e Profissional (RFETP), instituída em 1909; hoje, portanto, uma instituição centenária que se mantém no firme propósito de oferecer uma educação que representa um diferencial em todo o sistema educacional do país, no que concerne à formação básica, técnica e tecnológica, em consonância com as diretrizes estabelecidas pelo governo, para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas ao bem-estar social e a formação do homem em sua plenitude.

Embora tenha sofrido, ao longo do tempo, mudanças em suas diretrizes basilares como forma de adaptação às novas realidades sócio-políticas e econômicas, bem como em suas denominações, desde sua gênese como Escola de Aprendizes e Artífices, ao que hoje se conhece como Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, a força e a capilaridade da educação básica, técnica e tecnológica oferecida representa um marco para o desenvolvimento social e humano.

Diante disso, buscou-se neste trabalho de pesquisa, fruto de exaustiva pesquisa bibliográfica, documental, virtual, dentre outras fontes, apresentar o Instituto Federal do Piauí (IFPI) dentro do contexto do desenvolvimento regional, tendo por parâmetro as fases de expansão e interiorização da Instituição como forma de descentralização institucional, além de buscar a promoção da endogênese dos seus egressos, contribuindo, dessa forma, para a diminuição do êxodo de seus beneficiários.

Com esse foco, estabeleceu-se como marcos limitadores da pesquisa a mudança ocorrida com a transformação da Escola Técnica Federal do Piauí (ETFPI) ao que hoje se referencia como Instituto Federal do Piauí (IFPI); passando, assim, de escola formadora somente de mão-de-obra de nível técnico, à escola formadora de profissionais de nível tecnológico e superior, equiparando-se às Universidades.

Assim, este trabalho teve início a partir da análise descritiva do processo de expansão do IFPI, da inserção dos campi nos diversos territórios de desenvolvimento do Estado, dentro do contexto socioeconômico de cada região, com base em estudos prévios de viabilidade para implantação dos campi, considerando a vocação produtiva local e direcionando a oferta de cursos com base nos APL’s (Arranjos Produtivos Locais).

Na sequência, em capítulo próprio, apresentamos a metodologia da pesquisa desenvolvida: o percurso metodológico, a revisão da literatura, os procedimentos metodológicos, tudo para alcançar os objetivos propostos e comprovar ou refutar a hipótese levantada. Nesse capítulo, ainda, apresentamos, embora de forma parcial, o produto do trabalho desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) no acompanhamento dos egressos do IFPI, que mesmo sendo incipiente, representa um marco na história da Instituição.

Com base nos dados coletados e nas realidades observadas e descritas, apontamos os desafios e perspectivas da educação profissional, tendo sempre como foco central a absorção do aluno egresso no mercado de trabalho, apontando os aspectos positivos e os negativos da expansão do IFPI, indicando ações e programas que sedimentarão a implementação de políticas públicas na educação técnica e profissional.

Por fim, em nossas considerações finais, dentro de uma visão holística de toda a pesquisa realizada, revelamos a expertise que um trabalho dessa natureza e magnitude nos proporciona, destacando que a exaustividade do trabalho não se esgota em si, pois muito ainda há que se buscar em relação ao acompanhamento dos egressos, bem como muito há que se fazer para que a educação técnica e profissional atinja seu ápice.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423588 - MARIA FERNANDA BRITO DO AMARAL
Interno - 423006 - ANTONIO FONSECA DOS SANTOS NETO
Externo ao Programa - 1167859 - EFREN PAULO PORFIRIO DE SA LIMA

Cadastrada em: 17/03/2020
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 20/02/2020 - 21/02/2020 · Matrícula para o período 2020.1.
  • 02/03/2020 · Início do período letivo 2020.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 07/04/2020 11:08