Últimas Notícias
Banca de DEFESA: MARIA LAIR LIBERATO BENTO
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA LAIR LIBERATO BENTO
DATA: 30/04/2024
HORA: 09:00
LOCAL: https://meet.google.com/wfy-zwua-ftj
TÍTULO: POLÍTICA NACIONAL DE PREVENÇÃO À AUTOMUTILAÇÃO E SUICÍDIO: UMA AVALIAÇÃO DA IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA NAS INSTITUIÇÕES EDUCACIONAIS DE NÍVEL FUNDAMENTAL EM SÃO JOÃO DO PIAUÍ
PALAVRAS-CHAVES: Violência Autoprovocada; Políticas Públicas; Instituições Escolares.
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Os comportamentos autolesivos são um fenômeno complexo e vêm sendo considerados um grave problema de saúde pública. Na contramão do mundo, o Brasil vem apresentando índices cada vez maiores de autolesão e suicídio, sendo o Piauí o estado da região nordeste que apresenta os números mais alarmantes. Esta pesquisa tem como objeto a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio (Lei n°13.819/2019). Tal política orienta ações de promoção da saúde mental, registros de notificações compulsórias em estabelecimentos escolares, públicos e privados a fim de diminuir as taxas de violência autoprovocada. Por ser recente, esta política necessita de acompanhamento, bem como de um estudo que compreenda se está sendo adequadamente praticada. O objetivo da pesquisa foi analisar a implementação da Política Nacional de Prevenção da Automutilação e Suicídio focalizando nas ações de promoção da saúde mental desenvolvidas pelas escolas públicas de ensino fundamental da cidade de São João do Piauí (PI), auxiliando no desenvolvimento de estratégias para a melhoria dos efeitos desta política. Metodologicamente, esta pesquisa utilizou a abordagem qualitativa por meio da técnica denominada de hermenêutica em profundidade como instrumento de análise dos dados de pesquisa. Quanto às técnicas de coleta de dados, foi utilizada a observação direta, a pesquisa documental e entrevista semi-estruturada com a equipe multidisciplinar da secretaria de educação. Os dados da entrevista foram analisados por meio da análise de conteúdo de Bardin. Foram elaboradas três categorias de análise: informações sobre os entrevistados e rotina de trabalho; informações sobre os usuários e procedimentos de trabalho; percepções do implementador. Os resultados mostraram uma visão positiva que os implementadores têm acerca da política e de seu trabalho, apontaram também que lacunas na lei abriram espaço para que os burocratas de nível de rua usassem a sua discricionariedade, em especial no que diz respeito aos procedimentos e normas da execução de trabalho. Por ser uma política recente na legislação brasileira não há outros trabalhos que analisem sua implementação, sendo este estudo o pioneiro e por isso vislumbra-se a necessidade de outros trabalhos, principalmente que investiguem os motivos pelos quais a taxa de violência autoprovocada continua a crescer. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDRÉ FELIPE DE ALBUQUERQUE FELL - UFPE
Presidente - 049.749.824-35 - DANIEL FELIPE VICTOR MARTINS - UFRPE
Interno - 050.961.784-04 - FABIANA PINTO DE ALMEIDA BIZARRIA - UNILAB

Cadastrada em: 17/04/2024
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 06/03/2024 - 08/03/2024 · Matrícula para o período 2024.1.
  • 18/03/2024 · Início do período letivo 2024.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 18/04/2024 11:12