Notícias

Banca de DEFESA: LEONARDO SANTOS ALEXANDRE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEONARDO SANTOS ALEXANDRE
DATA: 29/06/2020
HORA: 14:30
LOCAL: sala virtual - link de acesso à sala - ____________,
TÍTULO: Aplicando uma abordagem analítica compreensiva para explorar o proteoma das glândulas parotoides de Rhinella jimi
PALAVRAS-CHAVES: Planejamento experimental, FT-IR, Proteômica, Rhinella jimi, HPLC-SEC, Eletroforese
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Química dos Produtos Naturais
RESUMO:

As secreções da pele de sapos são fontes de complexas misturas de compostos bioativos como por exemplo proteínas e peptídeos. A espécie Rhinella jimi é um sapo comum do nordeste brasileiro pouco estudada. Um planejamento experimental foi aplicado para otimizar o método de extração das proteínas das secreções da glândula paratoide de R. jimi, resultando na extração com tampão Tris-HCl 100 mM pH 7,2 com agitação vortex durante 5 min como a melhor condição de extração. O uso da técnica de infravermelho com transformada de Fourier (FT-IR) combinada com a Análise de Componente Principal (PCA) revelaram sinais proteicos únicos aos extratos indicando que a metodologia proposta é adequada. Os extratos foram analisados por Cromatografia Liquida de Alta Eficiência por Exclusão de Tamanho (HPLC-SEC) e por meio de eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE) que evidenciaram a presença de proteínas com altas e baixas massas moleculares (MM), apresentando diferenças, principalmente na região de baixa MM, entre amostras coletas nas cidades de Teresina-PI e Picos-PI (Brasil). A avaliação da citotoxicidade dos extratos contra as linhagens 4T1, CT26.WT e L929 revelou que a diferença na composição dos extratos também atinge suas atividades biológicas com valores de Concentração Citotóxica (CC-50) entre 258,9 e 49,7 µg/mL e não apresentando citotoxicidade em células normais (L929). As diferenças observadas entre as amostras podem ser atribuídas a condições edafoclimáticas do habitat encontrado em cada cidade. Estes novos dados apresentados são fundamentais para futuros estudos sobre a identidade e atividade biológica das biomoléculas presentes no veneno de R. jimi.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1888044 - GERARDO MAGELA VIEIRA JUNIOR
Interno - 2351542 - CICERO ALVES LOPES JUNIOR
Interno - 2059797 - HERBERT DE SOUSA BARBOSA
Interno - 1167592 - MARIANA HELENA CHAVES
Externo à Instituição - RAIMUNDO CLECIO DANTAS MUNIZ FILHO - UEMA
Notícia cadastrada em: 24/06/2020 13:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 03/08/2020 18:17