Notícias

Banca de DEFESA: BERNARDO AURELIO DE ANDRADE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BERNARDO AURELIO DE ANDRADE
DATA: 17/04/2015
HORA: 16:00
LOCAL: Sala de Vídeo II
TÍTULO:

POLÍTICAS PÚBLICAS CULTURAIS E SALÃO DE HUMOR NO PIAUÍ


PALAVRAS-CHAVES:

Cultura, Políticas culturais e Salão de Humor do Piauí


PÁGINAS: 185
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
RESUMO:

Este trabalho compreende o processo de institucionalização das políticas públicas culturais no Brasil, a partir da década de 1930, traçando sua relação com o que aconteceu, sob o mesmo prisma cultural, no Estado do Piauí. Apresentamos a influencia que as políticas nacionais exercem sobre a estadual e como essa relação espelha o processo de criação da máquina estatal, e suas políticas, voltada para gerir a cultura no Piauí. Tomamos como exemplo, a relação do Governo do Estado do Piauí com a Fundação Nacional do Humor, entidade privada e de interesse público, que realiza o Salão de Humor do Piauí, evento que existe desde 1982, totalizando trinta edições em 2013. Sob a perspectiva das políticas estaduais de valorização e construção de identidades locais, o Salão de Humor do Piauí é tomado como objeto e é colocado como um problema na relação pública-privada e na realização de uma política concreta e eficaz na gestão pública cultural no Estado do Piauí. Ao longo do texto, comparações entre o Salão e Humor e outros eventos, como o Salão de Humor de Piracicaba, o Salão Medplan de Humor e o Salão do Livro do Piauí, são elaboradas, buscando uma compreensão mais ampla da relação do Estado com eventos significativos como esses. Procuramos um diálogo com a história das políticas públicas no Brasil e no Piauí, utilizando autores que trabalham este tema, como Ana Regina Rêgo, Lia Calabre e Isaura Botelho, ao tempo que procuramos também fazer leitura de textos de teóricos da cultura, como Stuart Hall, Terry Eagleton e Homi K. Bhabha. Em nossa metodologia, lançamos mão sobre a pesquisa bibliográfica e hemerográficas, assim como nos utilizamos das oralidades a partir da elaboração de entrevistas. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1551249 - JOHNY SANTANA DE ARAUJO
Presidente - 1167777 - MANOEL RICARDO ARRAES FILHO
Externo ao Programa - 1996077 - MATHEUS BARBOSA EMERITO
Notícia cadastrada em: 07/04/2015 09:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 10/08/2020 19:28