Notícias

História Oral, desigualdades e diferenças

Obra plural, construída por autores de diversas instituições e várias regiões, oriudos de três países (Brasil, Canadá e Argentina), o livro História Oral, desigualdades e diferenças encarna o desafio de “pensar historicamente as formas ambíguas e contraditórias de representação do real, assim como as faces múltiplas de tradução sociocultural das diferenças e dos conflitos vividos, especialmente aqueles situados em espaços entre fronteiras culturais e nacionais”. Publicada com o selo das editoras das Universidades Federais de Santa Catarina (EdUFSC) e de Pernambuco (Editora Universitária UFPE), organizado por cinco pesquisadores e escrita por 16 autores, a obra articula discussões temáticas centradas em perspectivas e abordagens multidisciplinares e outras experimentações metodológicas da práxis da história oral.

 

Produção coletiva e transdisciplinar, a produção é resultado de seis “núcleos temáticos”: Fontes orais e o ofício do historiador; História oral, memória e subjetividade; História oral, cidades e diferença; História oral, desigualdades e movimentos sociais; Migração, memória e identidade; e História oral, ensino e diferença. A organização dos textos exigiu um enorme “esforço de cooperação dialógica de caráter interinstitucional” dos autores e, sobretudo,  por parte dos seis coordenadores: Robson Laverdi, Méri  Frotscher, Geni Rosa Duarte, Marcos F. Freire Montysuma e Antonio  Torres Montenegro.

 

Para mais informações, acesse: http://noticias.ufsc.br/2013/04/08/historia-oral-ganha-como-aliada-um-livro-plural-e-multidisciplinar/

Notícia cadastrada em: 09/04/2013 09:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 11/08/2020 04:41