Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUANA ARAUJO SARAIVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUANA ARAUJO SARAIVA
DATA: 07/03/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Bom Jesus
TÍTULO:

Respostas  Fisiológica e  Comportamentais de Cabras Leiteiras Submetidas à Dieta com Resíduo Lipídico Oriundo da Produção de Biodiesel


PALAVRAS-CHAVES:

Alimentação, eficiência de alimentação, eficiência de ruminação,  mastigações merícicas


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
ESPECIALIDADE: Avaliação de Alimentos para Animais
RESUMO:

O trabalho foi realizado após a aprovação pelo Comitê de Ética de Experimentação Animal da Universidade Federal do Piauí sob o número de protocolo 016/14. Foram utilizadas 4 cabras mestiças anglo-nubiana multíparas com peso médio 42.06 ± 3,5 kg e 51 dias em lactação distribuídas em quadrado latino duplo 4x4 , subdivididos em  4 períodos experimentais de 20 dias,15 dias de adaptação à dieta e 5 dias para coleta de dados . Os animais foram mantidos em confinamento, em baias individuais (2m2) equipados com comedouros e bebedouros, com água ad libitum. Os animais também receberam 1 ml de disofenol injetável (Disofen 20) antes do experimento. As dietas foram formuladas de acordo com as recomendações do NRC (2007) para atender aos requisitos de cabras em lactação  com produção de leite de 1,5 kg / cabra / dia e 4% de gordura no leite, na forma de mistura completa com 50% de silagem de milho e 50% de concentrado (farelo de soja, farelo de milho, resíduo lipídico, núcleo mineral e calcário), em quantidades ajustadas de acordo com o consumo do dia anterior para proporcionar 20% de sobras. O resíduo lipídico (RL) foi incluído em quantidades crescentes (0, 7, 14 e 21%) como fonte de glicerol obtido da produção de biodiesel a partir de óleo de frituras residuais na matéria seca, fornecido em duas refeições diárias, logo após as ordenhas, às 8 horas e às 16 horas. As cabras foram ordenhadas duas vezes ao dia (6:00 e 15:00h), sujeitas a pré e pós-dippingdas tetas com iodo e solução de glicerina a 10%, o controle individual da produção de leite foi feito mediante pesagens após a ordenha (g/dia), e registradas em fichas apropriadas.Foi calculada a eficiência de alimentação (EALMS, g MS/h) como sendo a divisão do consumo de MS pelo tempo de alimentação (CMS/TAL); a eficiência de ruminação em função do consumo de MS (ERUCMS, g MS/h) como sendo a relação entre o consumo de MS e o tempo de ruminação (CMS/TRU); a eficiência de ruminação em função do consumo de FDN (ERUFDN, g FDN/h) como sendo a relação entre consumo de FDN e o tempo de ruminação (CFDN/TRU), (Burguer et al., 2000)  e numero de bolos ruminais por dia (BOL, nº/dia) como sendo a relação entre o tempo de ruminação e tempo de mastigações merícicas por bolo ruminal (TRU/MMtb); numero de mastigação merícica diário (MMnd), como sendo a multiplicação entre o numero de bolos ruminais e o numero de mastigações merícicas por bolo (BOL x MMnb), segundo Polli et al. (1996).


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1656396 - LEILSON ROCHA BEZERRA
Interno - 1712960 - MARCOS JACOME DE ARAUJO
Interno - 2011596 - RICARDO LOIOLA EDVAN
Notícia cadastrada em: 16/02/2016 18:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 28/09/2022 12:54