Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: REGINA LUCIA DOS SANTOS SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: REGINA LUCIA DOS SANTOS SILVA
DATA: 19/01/2018
HORA: 14:30
LOCAL: Lab de Anatomia
TÍTULO: TESTE DE CINCO FIXADORES PARA ANÁLISE HISTOLÓGICA DE INTESTINO E DETERMINAÇÃO HISTOMORFOMÉTRICA DO ÍLEO DE FRANGOS DE CORTE
PALAVRAS-CHAVES: Anatomia, Aves, Íleo, Topografia intestinal
PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

Diante da importância na histomorfometria no estudo nutricional e, consequentemente, produtivo de frangos de cortes e tendo em vista a inconsistência metodológica na aplicação de fixadores histológicos em tecidos intestinais e na localização do íleo destes animais, objetivou-se com este estudo evidenciar dentre cinco fixadores aquele que melhor atuação na preservação tecidual e resultasse em melhor processamento histológico, além de demonstrar por meio de morfometria qual a localização do íleo em frangos de corte, visando assim fornecer um padrão metodológico para pesquisas que envolvam estes procedimentos. Para tanto foram utilizados dez animais da linhagem Coob aos 24 dias de idade, dos quais foram coletados cinco fragmentos da alça descendente do duodeno, para a avaliação dos fixadores (Bouin, Carnoy, Formol Tamponado a 10%, Álcool 70ºGL e Álcool 50ºGL), e cinco fragmentos das porções de jejuno e íleo, dois fragmentos da região jejunal anterior ao divertículo de Meckel, o primeiro proximal ao final do duodeno, e o seguinte na posição média entre duodeno e divertículo de Meckel, e três fragmentos subsequentes ao divertículo de Meckel, o primeiro imediatamente após o divertículo, o segundo na posição media entre divertículo e o ápice dos cecos, e o terceiro fragmento localizado na porção média entre os cecos. Para a avaliação dos fixadores os fragmentos foram fixados e processados por procedimento histológico padrão, de acordo com cada fixador, e avaliados quanto à dificuldade de microtomia, qualidade da coloração, preservação das estruturas da mucosa, preservação das estruturas da parede muscular, presença de artefatos na mucosa e presença de artefatos na parede muscular. Para a análise estatística utilizou-se os testes de Kruskal-wallis e o teste de Mann-whitney, por meio dos quais pode-se observar a superioridade dos fixadores Bouin e Formol Tamponado a 10%. Já os fragmentos utilizados na evidenciação morfométrica do íleo foram fixados em Formol Tamponado a 10% e processados de acordo com procedimento padrão. Destes tecidos foram avaliadas as características altura de vilo, largura de vilo, altura de cripta, largura de cripta e perímetro de vilo. Os resultados obtidos foram submetidos à análise descritiva e teste de Tukey a 5%. Pode-se então observar três distintas regiões, significativamente, desde o início do jejuno até a porção final no íleo, inserida entre os cecos. Para tanto, concluiu-se que o Bouin e o Formol Tamponado a 10% se apresentam superiores aos demais fixadores quanto à preservação e qualidade de processamento de tecidos intestinais de frangos de corte. Contudo a maior acessibilidade laboratorial ao Formol Tamponado a 10% reforça sua recomendação em procedimentos de fixação histológica de tecidos intestinais de frangos de corte. Conclui-se ainda que as regiões de jejuno, porção média entre o fim do duodeno e o divertículo de Meckel, e íleo, localizado na porção entre os dois cecos, são os locais de coleta de jejuno e íleo, respectivamente, em frangos de corte, que caracterizam eficientemente estas porções intestinais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551976 - GUILHERME JOSE BOLZANI DE CAMPOS FERREIRA
Interno - 1650875 - LEILANE ROCHA BARROS DOURADO
Externo à Instituição - EMERSON TICONA FIORETTO - UFS
Notícia cadastrada em: 12/01/2018 17:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 28/09/2022 13:55