Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SUED FELIPE LACERDA BARJUD

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SUED FELIPE LACERDA BARJUD
DATA: 20/02/2020
HORA: 08:30
LOCAL: Pós-Graduação do CPCE
TÍTULO: MEDIDAS ULTRASSONOGRÁFICAS DE CARCAÇAS DE COELHOS CORRIGIDAS POR MEIO DE ANÁLISE DE COVARIÂNCIA UTILIZANDO MODELOS MISTOS
PALAVRAS-CHAVES: Análise de Covariância, Área de olho de lombo, cunicultura, ultrassonografia, Nova Zelândia
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
RESUMO:

Objetivou-se avaliar a correção da medida ultrassonográfica da área do músculo Longissimusdorsi, em coelhos da raça Nova Zelândia, pela análise de covariância usando modelos mistos e comparando com a medida real obtida direto no músculo. O experimento foi realizadoadotando-se um delineamento em blocos completos ao acaso, com cinco tratamentos (operadores) e cinco blocos (animais), considerando na análise: a inexistência de covariáveis; a covariável comprimento de olho de lombo; a covariável profundidade de olho de lombo; e as duas covariáveis juntas. Como os animais são uma amostra aleatória, o efeito de bloco foi considerado como aleatório. Consideraram-se as covariáveis como medidas com efeito fixo sem erro, independentemente do tratamento e do comportamento linear. A inclusão das duas covariáveis proporcionou maior precisão experimental, demonstrada pelo menor coeficiente de variação (1,54%), além de maiores valores dos coeficientes de determinação ajustado ou não (0,86 e 0,85, respectivamente). A presença das duas covariáveis também proporcionou menores valores nos critérios de informação de Akaike corrigido ou não e Bayesiano de Schwarz. A inclusão das covariáveis comprimento e profundidade medidas obtidas via ultrassonografia para a correção da área do músculo Longissimusdorsi em modelos mistos melhora a precisão experimental. As estatísticas de critério de decisão evidenciaram relação direta entre si e podem ser consideradas para avaliar a precisão experimental em ensaios com avaliação de carcaças. Os valores das estatísticas AIC, BIC e AICC apresentam coerência com a interpretação dos critérios de decisão e indicam que o modelo com duas covariáveis proporciona resultados acurados. A inclusão das covariáveis complementa o controle de local com melhoria na precisão do experimento. A utilização das medidas ultrassonográficas de profundidade e comprimento corrige a média da área do músculo Longissimusdorsi avaliado por diferentes operadores.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550485 - JOSE LINDENBERG ROCHA SARMENTO
Interno - 2993761 - NATANAEL PEREIRA DA SILVA SANTOS
Externo ao Programa - 2732816 - DANIEL BIAGIOTTI
Notícia cadastrada em: 17/02/2020 16:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 06/10/2022 20:09