Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ARINALDO LOPES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ARINALDO LOPES DA SILVA
DATA: 31/08/2017
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de Videoconferência do PPGCC
TÍTULO: Um Mecanismo de Gerenciamento Adaptável de Semáforo
PALAVRAS-CHAVES: Redes Veiculares. Gerenciamento de Semáforos.
PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
RESUMO:

Em geral, a maioria dos semáforos nos cruzamentos opera de acordo com uma configuração fixa. Entretanto, os fluxos de veículos em cada uma das vias de um cruzamento não são sempre equivalentes. Como resultado, o semáforo de uma das vias pode ficar vermelho quando não há nenhum carro trafegando na outra via, ou então permanecer vermelho quando todos os carros da outra via já tiverem passado pelo cruzamento. Essa situação contribui para o aumento dos congestionamentos de trânsito em grandes cidades e, consequentemente, causa impactos negativos em diversas áreas, como na economia, no meio ambiente e na saúde. Para controlar o fluxo de veículos nos cruzamentos de forma mais eficiente, é preciso que os semáforos operem de forma dinâmica considerando informações de tráfego em cada uma das vias que ele controla. Neste trabalho, foi proposto um mecanismo de gerenciamento adaptável de semáforo que coleta e analisa informações de velocidade e posição dos veículos para controlar o tráfego em um cruzamento. A comunicação entre semáforo e veículos ocorre em um ambiente de redes veiculares, conhecidas como VANETs (Vehicular Ad Hoc Networks). Cada veículo é dotado de uma OBU (Onboard Unit) que periodicamente envia informações na rede. Por outro lado, o semáforo opera com uma RSU (Road Side Unit) que permite a recepção das informações enviadas pelas OBUs. O mecanismo proposto será comparado com as soluções Oldest Arrival First (OAF) (Pandit Kartik, Ghosal Dipak, 2013), Intelligent Traffic Light Controlling (ITLC) (Bani Younes; BOUKERCHE, 2015) e tempo fixo. Após obter esses resultados comparativos, esse trabalho de qualificação propõe verificar o impacto do mecanismo aplicado em alguns semáforos de trace real na cidade de Bolonha.

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1632612 - ANDRE CASTELO BRANCO SOARES
Interno - 1732950 - JOSE VALDEMIR DOS REIS JUNIOR
Interno - 2061294 - RICARDO DE ANDRADE LIRA RABELO
Notícia cadastrada em: 09/08/2017 17:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 12/11/2019 11:34