Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSÉ DE OLIVEIRA LINS NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ DE OLIVEIRA LINS NETO
DATA: 08/02/2018
HORA: 15:30
LOCAL: Laboratório do PPGCC
TÍTULO: Detecção de Disco Óptico e Mácula em Imagens de Retina Por Meio da Metaheurística Firefly
PALAVRAS-CHAVES: Imagem de fundo de olho. Disco Óptico. Mácula. Metaheurística. Firefly. Processamento Digital de Imagens
PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
RESUMO:

Em publicação recentemente, a World Health Organization (WHO) estima que, atualmente, existem 253 milhões de pessoas com deficiência visual, valor acima dos 252 milhões estimados em 2015. A quantidade crescente de doenças oculares revela que os métodos atuais ainda enfrentam dificuldades em solucionar o problema. Há pouco tempo, surgiram sistemas capazes de auxiliar os médicos no diagnóstico de doenças, chamados sistemas CAD (Computer Aided Diagnosis), uma alternativa ágil e de baixo custo. Muitos exames atuais consistem na análise visual de imagens. Em especial para o exame de fundo de olho, a análise da imagem de retina é particularmente exaustiva e dependente da experiência do médico. A fim de minimizar o ônus desse tipo de exame, vários sistemas CAD oftalmológicos foram propostos. Nesse trabalho, foi proposto um sistema capaz de identificar o disco óptico e a mácula em imagens de fundo de olho. Dentre as estruturas anatômicas do olho, a mácula e o disco óptico têm participações essenciais para o bom funcionamento da visão, no centro da mácula está a fóvea, região de alta concentração de células fotorreceptoras, as quais são responsáveis por captar um estímulo luminoso e gerar um estímulo nervoso, que, por sua vez, será redirecionado ao cérebro por meio do nervo óptico presente no disco óptico. Com o objetivo de aumentar a acessibilidade e a abrangência dos exames oftalmológicos, o sistema proposto utiliza técnicas de processamento digital de imagens, aliadas à metaheurística Firefly, para detectar estruturas anatômicas do olho com alto desempenho e rapidez. Com esse sistema conseguiu-se uma taxa de 90,68% de sucesso na localização do disco óptico e 90,66% na detecção da mácula.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1350246 - KELSON ROMULO TEIXEIRA AIRES
Interno - 2061294 - RICARDO DE ANDRADE LIRA RABELO
Presidente - 1579396 - RODRIGO DE MELO SOUZA VERAS
Notícia cadastrada em: 19/01/2018 14:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 26/06/2019 21:45